ads-geral-topo
Entretenimento

Exposição celebra vida e obra de maestro alegrense Wilson Laerte de Oliveira

Preservar o acervo pessoal é uma forma de homenagear a memória do Maestro Wilson, e também de celebrar a riqueza cultural de nossa terra

Por Redação

3 mins de leitura

em 09 de jul de 2024, às 09h26

Foto: Divulgação

A FAFIA, através do Projeto Fafia Cultural, apresenta a Exposição “Maestro Wilson Laerte de Oliveira: Um símbolo de talento e paixão pela música”. Esta exposição destaca uma parte íntima da vida do músico.

O Maestro Wilson, nascido em Alegre, foi um pianista que dedicou sua vida à música, enquanto também construía uma carreira bancária na cidade. Desde os seus nove anos de idade, quando começou os seus estudos musicais, mergulhou profundamente no mundo da música, destacando-se nacionalmente. Sua habilidade instrumental não se limitava ao piano, estendendo-se também ao saxofone, e ele participou ativamente de várias formações musicais, desde bandas até orquestras.

Apesar de sua paixão pela música erudita, também apreciava a música tradicional brasileira. Seu legado musical foi imortalizado no documentário “O Maestro em Si”, lançado em 2010, que retrata sua vida, obra e o impacto que deixou em sua comunidade. No entanto, em 16 de maio de 2011, aos 71 anos, ele faleceu vítima de câncer, deixando para trás uma influência duradoura e inspiradora para muitos alegrenses.

Devido ao seu significativo histórico e representatividade educacional e cultural na cidade e região do Caparaó, a FAFIA foi agraciada pelos familiares do Maestro com o acervo pessoal do músico, a fim de manter viva sua memória. O acervo inclui fotografias, objetos pessoais, partituras, discos, CDs, DVDs, instrumentos musicais (violão, saxofone, clarinete), troféus, correspondências, entre outros.

FAFIA Cultural

O Projeto FAFIA Cultural tem como objetivo promover aspectos de diferentes culturas, oferecendo espaços para expressão artística, criativa e inclusiva, impulsionando assim o desenvolvimento comunitário. Mariela Pitanga, coordenadora de Projetos da FAFIA e curadora da mostra, destaca o compromisso da faculdade em não apenas fornecer uma educação acadêmica de qualidade, mas também em enriquecer a experiência dos alunos através da celebração da cultura em todas as suas formas.

Exposição Maestro Wilson Laerte de Oliveira

Cássio Frauches, diretor da FAFIA, observa que a exposição do acervo pessoal do Maestro Wilson oferece uma oportunidade incrível para inspirar as gerações futuras. Ao ver de perto os objetos que faziam parte do mundo do músico, nossos jovens podem se sentir encorajados a perseguir seus próprios sonhos artísticos, sabendo que também podem alcançar grandeza e reconhecimento, independentemente de onde começaram.

Preservar o acervo pessoal não é apenas uma forma de homenagear a memória do Maestro Wilson, mas também de celebrar a riqueza cultural de nossa terra. Cada instrumento, cada letra de música manuscrita, cada fotografia conta uma parte da história desse artista alegrense. Ao compartilharmos este acervo com nossa comunidade, estamos preservando não apenas a sua história, mas também a nossa própria identidade cultural, enfatiza Thabyta Costa Carlos, Secretária Executiva de Cultura de Alegre.

A exposição está acontecendo na Fafia e pode ser visitada entre 14h às 22h, de segunda a sexta feira.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape