ads-geral-topo
Entretenimento

Festival de Inverno confirma sucesso e anuncia edição em 2025

Com o sucesso desta edição em diferentes âmbitos, o Festival de Inverno de Guaçuí 2025 está confirmado. Veja os melhores momentos deste ano

Por Larissa Chaves

6 mins de leitura

em 08 de jul de 2024, às 15h18

Foto: Divulgação

Esta edição do Festival de Inverno de Guaçuí com certeza deixou um gostinho de “quero mais”. Os três dias do evento foram marcados pelos shows de grandes artistas que superaram as expectativas do público, pela organização nos setores de bilheteria, praça de alimentação e espaço em geral, além da beleza da decoração que teve detalhes por todos os cantos.

Leia também: Fenômeno da internet, Deive Leonardo apresenta nova turnê no ES

Já na chegada do Centro de Eventos, o público passava por um túnel de led para entrar no espaço coberto. Ao lado, estátuas do Cristo Redentor, sofás, cubos iluminados e outros objetos deram todo o charme para a parte externa, onde muitas pessoas paravam para fazer fotos.

Na parte interna, a decoração seguiu chamando atenção. No teto havia diferentes tipos de luminárias e cubos coloridos. Até mesmo o design dos lounges e dos estandes de produtos foram pensados com detalhes decorativos como plantas, flores e madeiras, que trouxeram ainda mais beleza para o espaço do Festival de Inverno.

Os shows

Para a abertura dos shows e também durante os intervalos, a DJ Manux comandou a mesa de som e não deixou o Festival de Inverno sem música. Com hits eletrônicos, funks e outros ritmos, o público pôde curtir 100% do tempo dentro do evento.

– 1º dia:

Na sexta-feira (05), o gaúcho Baitaca abriu o show cantando seu sucesso “No fundo da grota”, música que viralizou no Brasil e foi regravada por grandes nomes como Gustavo Lima. Outro ponto do show que chamou atenção foi a participação de um pequeno capixaba. Pedro Fontan tem 4 anos e mora em Castelo-ES. Poucas horas antes do show, Baitaca ficou sabendo que o menino era seu fã e o recebeu de braços abertos tanto no camarim quanto no palco. Baitaca cantou outros sucessos sertanejos como “Churrasco com chimarrão” e agradeceu ao público capixaba pelo carinho.

Em seguida, Edson e Hudson surpreenderam com tanto talento e presença de palco. A dupla já entrou cantando a música “Azul”, uma canção que atravessou gerações e até hoje segue no gosto do público. Um grande coral se formou e cantou essa junto, assim como outros sucessos deles.

Edson e Hudson levaram outros hits conhecidos da própria dupla e também cantaram músicas de outros artistas, como o cantor Cristiano Araújo. No momento dedicado às “modas de viola”, eles mostraram ainda mais habilidade na voz cantando sucessos como “Galopeira”.

Fechando a 1ª noite do Festival de Inverno, o cantor capixaba Filipe Fernandes levou os hits sertanejos mais famosos da atualidade e manteve o público animado até o último minuto.

– 2º dia

Na noite de sábado (06), o primeiro show foi do artista Rodrigo Teaser. Em uma apresentação repleta de coreografias, luzes e figurinos, o cantor deixou a plateia vidrada. Minutos antes de entrar no palco do Festival de Inverno, Rodrigo deu uma entrevista para o Aqui Notícias e disse que sua entrega é a mesma, seja em um palco de outro país ou num palco do interior.

A palavra foi cumprida e o artista entregou um show espetacular no Festival de Inverno. Segundo ele, interpretar Michael Jackson em cima do palco é o que faz seu coração vibrar. “Celebrem a obra de um cara que eu amo, um artista que mudou a história da música, da dança, do clipe.” Disse Rodrigo. No momento da música “Heal the world (cure o mundo)”, Rodrigo chamou as crianças no palco, assim como Michael fazia.

O segundo show da noite foi de tirar o fôlego, literalmente! Em vários momentos, o público saiu do chão para cantar os inúmeros sucessos inesquecíveis da banda Biquíni Cavadão. Músicas como “Tédio”, “Vento ventania” e “Zé Ninguém” estavam na boca da plateia e ecoaram no espaço do Festival de Inverno.

Antes de entrar no palco, o vocalista Bruno Gouveia relembrou as 3 outras vezes que esteve em Guaçuí e falou de forma muito carinhosa sobre o público capixaba.

Fechando a noite, o projeto “Rock Reunion” levou 4 bandas regionais de rock cantando os maiores clássicos deste gênero para a plateia.

– 3º dia

Para finalizar com chave de ouro, o domingo (07) foi dedicado a um ritmo que aquece os corações dos brasileiros: o samba. As bandas Artsamba e Samba Mlk são grupos capixabas que abriram o 3º dia com clássicos do samba e também do pagode, tanto os antigos, como os da atualidade.

Fechando o Festival de Inverno, o grupo Fundo de Quintal deu um verdadeiro show! A banda mostrou fôlego total e colocou a plateia para sambar ao som dos sucessos que atravessaram gerações, como “A Amizade” e “O show tem que continuar”.

Praça de alimentação

A praça de alimentação foi outro ponto do alto do Festival de Inverno, que mostrou a qualidade e o nível do evento. Uma variedade de restaurantes estava presente com pratos diversos, desde frutos do mar, churrasco, pizzas até comida japonesa. Além disso, o espaço para os estandes de comida também foi super organizado e bem decorado com mesas, cadeiras, bancos e plantas.

As opções de bebidas no Festival de Inverno também foram variadas, contando com a presença de cervejarias artesanais, outras bebidas tradicionais e a sofisticada adega de vinhos Perim.

Segurança no Festival de Inverno

Mais de 60 policiais militares, divididos entre o policiamento ordinário e extraordinário, atuaram em pontos estratégicos nas proximidades do local do Festival de Inverno o e nas principais vias de acesso do município. Durante o evento, nenhuma ocorrência de maior gravidade foi registrada.

Com o sucesso desta edição em diferentes âmbitos, o Festival de Inverno de Guaçuí 2025 foi confirmado por Elias Carvalho, diretor da GFC eventos. Já podemos ficar ansiosos? 🤩

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape