ads-geral-topo
Variedades

Angélica expõe abuso moral: ‘com 14 anos, queriam saber se eu era virgem’

Em entrevista ao programa "Conversa com Bial", a apresentadora Angélica revelou ter sofrido muito assédio no inicio da carreira, com 14 anos

Por Estadão

1 min de leitura

em 15 de maio de 2023, às 10h46

Foto: Reprodução

Angélica revelou que, aos 14 anos, era pressionada pela mídia a comentar sobre sua virgindade. A apresentadora também expôs que sofreu abuso moral no início de sua carreira. Em entrevista ao Conversa com Bial desta sexta-feira (12), a comunicadora explicou que, no início de sua carreira, sofria muito assédio por parte da imprensa.

“Era uma agressão. Eu sofri um abuso moral muito nova, com 14 anos. E não foi um veículo que me perguntou, dois. Todo mundo queria saber se eu era virgem. E faziam essa pergunta. E eu era, só que eu era uma menina”, disse.

“Quando eu vejo, ouço e lembro disso, eu tenho muita pena daquela menina. Era uma violência. Acho que eu vivi bastante coisa das quais eu sobrevivi aos trancos e barrancos, mas vivi muitas coisas que machucaram”, afirmou.

Angélica ainda reflete que viveu uma “adolescência tardia”. “Eu tive uma adolescência tardia, mas vivi. Lancei Vou de Táxi com 14 ou 15 anos e começou uma loucura, eu fazia dois programas de televisão e fazia show pelo Brasil inteiro. Foi uma avalanche. Mas quando completei 22 anos, eu comecei a viver essa adolescência tardia e saí namorando, beijando na boca. E isso durou até eu casar, com 30”.

Estadao Conteudo

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape