ads-geral-topo
Nacional

Adolescente morre durante tiroteio em show de Maiara e Maraisa

O adolescente de 17 anos acabou sendo baleado na cabeça e morreu no local. Ainda de acordo com informações um casal teria sido ferido por tiro de raspão mas passam bem

Por Estadão

em 07 de out de 2023, às 08h44

4 mins de leitura

Foto: Divulgação

Um tiroteio interrompeu um show da dupla Maiara e Maraisa em Palmas, no Tocantins, na madrugada desta sexta-feira (6), durante a festa de comemoração de 35 anos do Estado. Um adolescente de 17 anos foi baleado e morreu.

Em nota ao Estadão, o Governo do Tocantins lamentou a morte e informou que equipes da 1ª Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP Palmas) e da perícia técnica estiveram no local colhendo informações e vestígios que pudessem ajudar na investigação do caso.

A confusão começou quando um policial à paisana e de folga se envolveu em uma discussão com dois homens durante a apresentação das sertanejas. Um dos homens tirou a arma do agente e atirou, acertando o policial na costela e no quadril.

Com isso, o jovem – que aparentemente não estava envolvido na discussão – foi atingido na cabeça e morreu no local. O policial ficou ferido e foi encaminhado ao Hospital Geral de Palmas, onde passou por uma cirurgia. Um casal também teria sido atingido de raspão, mas sem ferimentos graves.

Maiara e Maraisa tiveram que ser retiradas às pressas do palco. Momentos antes da confusão, Maraisa tinha sido pedida em casamento por Fernando Mocó no palco do show. O Estadão entrou em contato com a assessoria de imprensa da dupla sertaneja, mas ainda não teve retorno.

Veja na íntegra a nota do Governo do Estado do Tocantins:
“O Governo do Tocantins esclarece que durante a madrugada desta sexta-feira, 6, durante a programação artística em comemoração ao aniversário do Estado na praça dos Girassóis, ocorreu uma briga que resultou na morte de um adolescente de 17 anos. O Governo do Tocantins lamenta com muito pesar a morte e informa que não está medindo esforços para esclarecer todos os fatos e responsabilizar o autor do homicídio.

As equipes da 1ª Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP Palmas) e da perícia técnica estiveram no local colhendo as informações e vestígios que possam auxiliar na elucidação do caso.

O que se sabe até o momento é que um policial à paisana e de folga, estava no show, e se envolveu em uma discussão com dois homens . Durante a confusão um dos homens tomou a arma do policial e atirou contra o mesmo. O policial foi atingido com dois tiros, um na costela e outro no quadril . Na confusão, um adolescente de 17 anos acabou sendo baleado na cabeça e morreu no local. Ainda de acordo com informações um casal teria sido ferido por tiro de raspão mas passam bem.

O corpo do adolescente foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Palmas, e após exames de necropsia foi liberado aos familiares.

Já o policial ferido passou por cirurgia no Hospital Geral de Palmas.

A 1ª DHPP segue em diligências, mas até o momento o autor dos disparos não foi identificado.

Por fim, o Governo do Tocantins reiterou, por meio de sua nota, o compromisso com a segurança dos tocantinenses e que não medirá esforços para elucidar o caso e responsabilizar o autor. Vale destacar que um grande contingente de policial – maior do que o empregado durante as festividades de carnaval – estava no local do Show e que nenhuma outro tipo de ocorrência foi registrada.

Desde as primeiras da manhã desta sexta-feira , 6, o Governador Wanderlei Barbosa está reunido com as forças de segurança e determinou que toda assistência seja prestada à família do adolescente e que a segurança de hoje seja ainda mais reforçada. ‘Estamos entristecidos pelo ocorrido mas ressaltamos que se trata de um fato isolado tendo em vista que nenhuma outra ocorrência sequer foi registrada e determinei que tudo seja feito para elucidar o ocorrido’, finalizou.”

Estadao Conteudo

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape