ads-geral-topo
Esportes

Abel recebe oferta de time do Catar e pode deixar o Palmeiras

De acordo com a publicação espanhola, as negociações estão bastante avançadas e serão finalizadas em 15 dias, quando terminar a temporada no Brasil

Por Estadão

em 23 de nov de 2023, às 15h58

3 mins de leitura

Foto: Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

Abel Ferreira pode estar vivendo os seus últimos momentos no comando do Palmeiras. O treinador português tem uma proposta “irrecusável” do ponto de vista financeiro para assumir o Al-Sadd, do Catar. Caso aceite a oferta, ele se tornará o técnico mais bem pago do planeta. As informações são do jornal espanhol Sport.

Procurado pela reportagem do Estadão, a assessoria de Abel Ferreira não confirma a informação. “Abel está focado em fechar a temporada da melhor forma possível. Nesse momento, toda e qualquer especulação fica de lado. Há duas semanas também noticiavam sondagens de Benfica e Al-Ittihad. Ele tem contrato até fim de 2024 e sua cabeça está totalmente voltada para o time paulista na reta final do Brasileiro”, diz a nota.

De acordo com a publicação espanhola, as negociações estão bastante avançadas e serão finalizadas em 15 dias, quando terminar a temporada no Brasil. Assim como a Arábia Saudita, o futebol do Catar planeja alto investimento na próxima janela de transferências e o clube interessado em Abel está disposto no topo do ranking de maiores salários do mundo. Atualmente, o treinador mais bem pago do planeta é Diego Simeone, do Atlético de Madrid, recebendo cerca de 34 milhões de euros por ano.

Abel Ferreira tem contrato com o Palmeiras até dezembro de 2024. Ele chegou em 2020 e em pouco tempo se transformou em uma das figuras mais vencedoras da história do clube, sendo considerado por muitos o maior treinador da história palmeirense. Ele possui oito títulos pelo time alviverde, incluindo um bicampeonato da Copa Libertadores (2020 e 2021), um Brasileirão (2022) e uma Copa do Brasil (2020).

Vai renovar?

Questionado ao longo do ano se renovaria contrato com o Palmeiras, Abel Ferreira desconversou sobre o assunto na maioria das vezes. Na última partida do time alviverde, quando a equipe venceu por 3 a 0 o Internacional, o treinador admitiu estar de “saco cheio” e que ia aguardar o fim do Campeonato Brasileiro para definir a sua situação.

“Estou de saco cheio destes jogos seguidos, viagens seguidas, marcam os jogos, mudam os jogos, o campeonato acaba no dia 3, depois mudam para acabar no dia 7”, reclamou o treinador português. “É muito jogo seguido, é muita conferência de imprensa seguida, é muita viagem. É chegar ao CT às 4h da manhã, é decidir se vou para casa dormir com minha família ou se fico no CT. Eu não quero isso para mim.”

Líder do Brasileirão, com 62 pontos, o Palmeiras volta a campo no domingo (26), quando encara o Fortaleza, 18h30 (horário de Brasília), pela 35ª rodada da competição. Nesta quinta-feira (23), o time cearense disputa jogo atrasado com o Botafogo, vice-líder, com 60. Caso o time carioca vença, assume novamente a ponta da tabela de classificação.

Estadao Conteudo

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape