ads-geral-topo

A vendeta da oposição está pesada

O senador Sergio Moro (União Brasil-PR), em perigo no mandato, correu com equipe jurídica, chefiada por Gustavo Guedes, para levantar documentos

3 mins de leitura

em 18 de mar de 2024, às 15h02

Charge: Izânio Façanha

Por Leandro Mazzini

Com Walmor Parente, Carol Purificação, Isabele Mendes e Luiza Melo

Nova onda

A queda significativa e tão cedo dos índices de aprovação do presidente Lula da Silva mexeu com o jogo do Poder. Caciques de partidos de centro acreditam que vem aí nova onda de direita no Brasil, a despeito da derrocada de Jair Bolsonaro, com militantes mais disciplinados nas ruas, novos nomes nas urnas. No convescote nas executivas, aponta-se o desgaste natural do PT nos últimos 20 anos com o retorno de um Lula não mais forte como antes. Isso motiva a potencial federação do Progressistas com o Republicanos. Embora este último ensaie uma reaproximação com Lula, os dirigentes ficaram cautelosos. Outro na moita é o União Brasil, que apesar de manter três ministérios neste Governo (Turismo, Comunicações e Desenvolvimento Regional) tem seu DNA na direita, vindo da fusão do DEM com o PSL. E pode repensar sua posição até 2025.

Vendeta

O senador Sergio Moro (União Brasil-PR), em perigo no mandato, correu com equipe jurídica, chefiada por Gustavo Guedes, para levantar documentos que assegurem a esposa Rosângela Moro na Câmara. A vendeta da oposição está pesada.

Lula, Zema & Aécio

O presidente Lula da Silva vai começar a visitar mais Minas Gerais. Projeto eleitoral puro. É o 2º colégio eleitoral do Brasil. O governador Romeu Zema (Novo), embora bem aprovado no interior, tem perdido apoios seguidos. Zema deve sair ao Senado em 2026 e, na outra ponta, deve ter o deputado federal Aécio Neves (PSDB) como concorrente.

Grupo apeado

Polícia Civil do Rio de Janeiro está na iminência de desvendar, se assim quiser, a motivação da morte do advogado no Centro da capital. Suspeita-se de conexão com a operação da Loterj, de onde um grupo poderoso foi apeado, e pode esbarrar em deputados que deram guarida aos criminosos.

Cenário

O presidente Lula da Silva não tem o que entregar. Isso influenciou diretamente na queda dos índices de sua aprovação e de seu Governo. As viagens seguidas ao exterior, para se dizer inocente na operação Lava Jato, o PAC travado e a bronca de congressistas com suas demandas em obras que não saem do papel para municípios contribuem para o cenário.

Turma Sarney

O ex-presidente José Sarney vai fazer rara aparição pública dia 12 de abril. Será paraninfo da turma de ciências políticas da Faculdade Republicana, em Brasília, a convite do amigo Elpídio Amanajas.

ESPLANADEIRA

# Piloto Márcio Giordano, parceiro do Naskar Consórcio, é a nova aposta da Copa Truck 2024 que ocorre em Mato Grosso (MS), em 17 de março. # Carmela Tartarel será homenageada, dia 22, pela Câmara Municipal de Saquarema. # Brasilcap é líder absoluta do mercado de capitalização, segundo a SUSEP. # Atlantica Hospitality International realiza a 1ª edição da Atlantica Week, de 11 a 17 de março. # 2ª edição do “Cerimonialistas em Ação” reúne profissionais da área de eventos na Barra da Tijuca (RJ). # Licks Attorneys promove, dia 28, webinar para explicar os princípios do Direito e da Gestão Pública.

As informações/opiniões aqui escritas são de cunho pessoal e não necessariamente refletem os posicionamentos do AQUINOTICIAS.COM

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape