ads-geral-topo

Desmistificando a China 2.0

No dia 8 de abril de 2022, nesta coluna, ponderei certos pontos positivos e negativos sobre a economia chinesa, o objetivo de hoje é abordar justamente esses últimos. De fato, a China apresentou um dos maiores crescimentos já vistos na história da humanidade, contudo há problemas que certamente afetarão o destino do país mais populoso […]

em 24 de maio de 2022, às 11h05

3 mins de leitura

No dia 8 de abril de 2022, nesta coluna, ponderei certos pontos positivos e negativos sobre a economia chinesa, o objetivo de hoje é abordar justamente esses últimos. De fato, a China apresentou um dos maiores crescimentos já vistos na história da humanidade, contudo há problemas que certamente afetarão o destino do país mais populoso do mundo: (1) produtividade estagnada; (2) perda do bônus demográfico; (3) fim da bolha imobiliária; (4) investimentos mal executados.

A produtividade, importante para o crescimento no longo prazo, chinesa atual equivaleu a 40,05% em relação aos trabalhadores americanos no ano de 2019, uma queda de 6,7% face a 1970 (ano em que começa a abertura comercial). Para compensar a baixa produção por trabalhador, a receita oriental foi aumentar a carga horária laboral, esse fato é devidamente verificado pelas estatísticas, a China foi um dos poucos países que presenciou o aumento das horas trabalhadas, de 1.976 para 2.168 horas anuais, durante o mesmo período já citado.

Devido à política do filho único, muitos casais foram obrigados a conceber apenas um filho que, por razões culturais, foram predominantemente homens. Essa situação, além de gerar um excedente masculino que nunca se casará, contribuiu para o envelhecimento precoce da população como um todo. De acordo com o Banco Mundial (2020), a média de nascimentos por mulher era de 1,7, muito próxima da brasileira ou de muitos países desenvolvidos. Além do mais, a inserção feminina no mercado de trabalho obrigou-as a abrirem mão da maternidade para se dedicarem à carreira profissional, pois os direitos trabalhistas são raros e a jornada de trabalho é longa (segundo parágrafo).

Assim como meus familiares, os chineses também valorizam o imóvel próprio, uma vez que, além de ser importante para o matrimônio, é um dos poucos investimentos seguros. Tudo que é altamente demandado tende a subir de preço, por isso os preços dos imóveis cresceram infinitamente, todavia, agora a situação finalmente pareceu se inverter. A quase falência da gigante Evergrande (maior incorporadora do país) colocou em xeque uma economia que despende 25% do PIB em construções. O próprio PCC já tomou medidas para evitar possíveis quebradeiras, entretanto talvez tenha significado o real declínio ou estagnação desse setor.

Investir em obras públicas talvez seja um dos melhores investimentos públicos, mas também pode representar um grande passivo para a sociedade (elefantes brancos). Para conter a recessão da crise de 2008, a estratégia do Partido Comunista Chinês foi criar o maior pacote de investimento em ferrovias de alta velocidade já visto na história, por conseguinte, de lá para cá construiu-se trens-bala em todas as regiões, inclusive naquelas onde não havia o menor sentido, como a de Xinjiang (boa parte do trajeto se passa no deserto de Gobi). Apesar de algumas linhas serem rentáveis, o prejuízo acumulado total é de 850 bilhões de dólares, mais da metade do PIB brasileiro.

Todas essas questões são fundamentais para entender a economia da China no longo prazo. Daqui algumas décadas os chineses estarão mais velhos e não conseguirão manter o ritmo de trabalho atual, por outro lado, terá o Estado recursos suficientes para arcar com o aumento das pensões enquanto precisa subsidiar obras deficitárias? Ninguém sabe, porém certamente escolhas difíceis serão tomadas.

Rafael Altoé é mestrando em Administração pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), e apaixonado por Economia. 

As informações/opiniões aqui escritas são de cunho pessoal e não necessariamente refletem os posicionamentos do AQUINOTICIAS.COM

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape