ads-geral-topo

O Estado está falido?

Em certos setores da academia é rotineiro ouvir que o neoliberalismo é o grande culpado por todos os males que assolam a humanidade. Dentre as críticas mais comuns, temos aquela que o associa à adoção do Estado Mínimo e precarização do bem-estar social. Embora a narrativa seja muito clara, quando olhamos as séries históricas, o […]

em 13 de jul de 2022, às 09h32

4 mins de leitura

Em certos setores da academia é rotineiro ouvir que o neoliberalismo é o grande culpado por todos os males que assolam a humanidade. Dentre as críticas mais comuns, temos aquela que o associa à adoção do Estado Mínimo e precarização do bem-estar social. Embora a narrativa seja muito clara, quando olhamos as séries históricas, o discurso não se sustenta.

Para contextualizar, entre o fim da Segunda Guerra Mundial e até o começo da década de 1970, o mundo vivia em uma bonança econômica. Os países mais desenvolvidos estabeleceram o estado de bem-estar social (saúde, educação, previdência e derivados) e o comércio internacional voltou ao apogeu depois de tantos entraves. Contudo, os sucessivos Choques do Petróleo obrigaram as nações a subirem os juros, cortarem gastos e privatizar empresas públicas para conter a alta inflacionária. Como o Brasil nunca se importou em seguir as melhores práticas, fizemos tudo ao contrário e experimentamos décadas de inflação.

Voltando ao ponto central, teria o neoliberalismo diminuído o “tamanho” dos estados? Por mais surpreendente que seja, mesmo após todas as reformas e supostos cortes de gastos, a despesas sociais só aumentaram de lá para cá, veja abaixo no Quadro 1:

Quadro 1 – Gasto Social dos Governos (em % do PIB)

País19732016Variação
Alemanha18,30%25,29%+6,99% pp
Austrália7,01%19,15%+12,14% pp
EUA9,92%19,32%+9,40% pp
Grécia7,01%27,03%+20,02% pp
Holanda20,55%22,01%+1,46% pp
Itália15,64%28,87%+13,23% pp
Reino Unido12,79%21,49%+8,70% pp
Suécia17,63%27,06%+9,43% pp

Fonte: Our World in Data.

O mesmo também vale para o gasto geral, ver Quadro 2:

Quadro 2 – Gasto Geral dos Governos (em % do PIB)

País19732016Variação
Alemanha20,59%27,90%+7,31% pp
Austrália18,46%26,99%+8,53% pp
Coréia do Sul11,31%23,50%+12,19% pp
EUA17,90%22,55%+4,65% pp
França29,34%47,88%+18,54% pp
Grécia15,81%48,24%+32,43% pp
Holanda34,93%38,99%+4,06% pp
Itália26,62%43,27%+16,65% pp
Reino Unido28,84%37,27%+8,43% pp

Fonte: Our World in Data.

Ou seja, independente do ponto de vista, é fato que a maioria dos países aumentaram os gastos com bem-estar social desde 1973 até os dias atuais. Mesmo com a elevação, a desigualdade nos países desenvolvidos aumentou de lá para cá, entretanto isso não foi culpa do neoliberalismo, mas sim da globalização.

Durante muito tempo os países asiáticos permanecerem afastados do comércio global e relegados ao subdesenvolvimentismo, todavia, a criação da Organização Mundial do Comércio (OMC) e acordos comerciais incentivaram China, índia, Indonésia, Filipinas, Tailândia e outras nações da região a abrirem seus mercados e produzirem produtos voltados à exportação. Pela primeira vez na história o mundo conseguiu se conectar, em consequência, muitas empresas se deslocaram em direção ao Oriente para produzirem mais barato.

Esse deslocamento no sentido Ocidente-Oriente promoveu arrochos salários no ocidente, principalmente nos EUA e Europa. A razão é simples, com cerca de 3 bilhões de pessoas ingressando no comércio global, a mão de obra das nações desenvolvidas perde atratividade, logo, os rendimentos dos trabalhadores não crescem.

Os detratores do neoliberalismo têm certa razão ao explicitar a crescente desigualdade, mas estão redondamente enganados respeitante à atuação dos governos, o estado de bem-estar social foi ampliado e assiste mais pessoas do que há décadas atrás. Do ponto de vista da despesa governamental, o Estado Mínimo está longe de existir, ainda que eu mesmo ache que discutir o tamanho do estado seja uma perda de tempo.

Rafael Altoé é mestrando em Administração pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), e apaixonado por Economia. 

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape