ads-geral-topo

Previsível! Ancelotti renova e CBF perde tempo

O tempo está cada vez mais curto, e agora a CBF vai ter que "correr contra o tempo" atrás de um substituto

em 29 de dez de 2023, às 18h12

3 mins de leitura

Foto: Reprodução

Por Jonathan Gonçalves

Com a renovação de Carlo Ancelotti com o Real Madrid, a CBF, que tanto esperou pelo técnico italiano, agora terá que correr contra o tempo, para achar um substituto a altura.

Mas, de quem é a culpa? Ancelotti? Que em nenhum momento revelou estar fechado com Brasil, que todas as vezes se esquivava de perguntas sobre assumir a Seleção Brasileira? Ou será de Ednaldo Rodrigues? o presidente afastado da CBF, que chegou a confirmar mais de uma vez que Ancelotti estava fechado com a Seleção Brasileira, e assumiria a partir da metade de 2024.

Bom, reclamar não vai adiantar a essa altura do campeonato, afinal de contas, faltam menos de 3 anos para a Copa do Mundo, pode parecer muito tempo, mas não é. O que temos até agora? Além de insegurança e falta de esperança na seleção brasileira.

Brasil, o país do futebol, no momento ocupa a 6ª colocação nas Eliminatórias Sul-americanas, com apenas 7 pontos. Atrás de Equador, Venezuela, Colômbia e Uruguai, fora a distância para líder Argentina, que é de 8 pontos. Cenário completamente trágico para a maior seleção do mundo.

Mas, e agora? Quem assume?

Fenando Diniz fez um ótimo ano no comando do Fluminense, com a conquista inédita da Copa Libertadores da América. Porém, no comando da amarelinha, Diniz tem um aproveitamento “pavoroso”, são 6 rodadas disputadas na Eliminatórias Sul-americanas, sendo 3 derrotas, 2 vitórias e 1 empate.

Fernando Diniz precisa de mais tempo, isso é algo difícil de prever, se vai dar certo ou não, só o tempo pode dizer. Porém, uma coisa é certa, a CBF não pode perder mais tempo, a seleção precisa de um técnico “para ontem”.

Entre ventilações e sugestões de torcedores, alguns nomes vem ganhando forças nas redes sociais, como por exemplo: José Mourinho, Abel Ferreira, Renato Portaluppi e Jorge Jesus.

Ednaldo e CBF perderam muito tempo no “caso Ancelotti”. Mas, alguém realmente acreditou que o técnico italiano viria? No momento, a CBF precisa ser o mais preciso possível, na escolha de um novo técnico para assumir a Seleção Brasileira. Muitos destes nomes citados agradariam a torcida, porém, a escolha da CBF é o que mais preocupa, afinal, uma entidade que está “totalmente perdida” desde a saída de Tite, não passa muita segurança na escolha do próximo técnico. O que nos resta é confiar, torcer para que dê tudo certo, e se der certo, o povo brasileiro irá sorrir novamente em 2026.

Leia também: Ancelotti renova contrato com Real Madrid e frustra planos da CBF

As informações/opiniões aqui escritas são de cunho pessoal e não necessariamente refletem os posicionamentos do AQUINOTICIAS.COM

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape