ads-geral-topo
Cinema

Inclusão: Sessão Azul exibe ‘Kung Fu Panda 4’ em sala adaptada para autistas

Os ingressos para esta sessão são vendidos ao preço único de R$ 10,00

Por Pammela Volpato

3 mins de leitura

em 24 de maio de 2024, às 16h13

Foto: Divulgação

No próximo domingo, dia 26 de maio, a partir das 14h30, o Cine Ritz Perim Center, em Cachoeiro, vai realizar mais uma Sessão Azul. Trata-se de uma sessão especial, adaptada para pessoas portadoras do Transtorno do Espectro Autista (TEA). O filme escolhido para este mês é “Kung Fu Panda 4”.

Os ingressos para esta sessão são vendidos ao preço único de R$ 10,00.

Leia também: “Furiosa: Uma saga Mad Max” chega aos cinemas de Cachoeiro

O projeto Sessão Azul consiste em adaptar sessões de cinema para esse público, com exibições exclusivas. Nelas a família tem todo o suporte para que os filhos possam se sentir à vontade e curtir o espetáculo. Sendo assim, nesta sessão as luzes da sala ficam acesas o tempo todo e o som mais baixo, para que as crianças com distúrbio sensorial se sintam mais confortáveis durante todo o filme. Além disso, o público tem liberdade para circular na sala ou mesmo de sair e voltar.

Sobre o filme

Depois de três aventuras arriscando sua própria vida para derrotar os mais poderosos vilões, Po, o Grande Dragão Guerreiro( Jack Black) é escolhido para se tornar o Líder Espiritual do Vale da Paz. A escolha em si já problemática ao colocar o mestre de kung fu mais improvável do mundo em um cargo como esse.

Além disso, ele precisa encontrar e treinar um novo Dragão Guerreiro antes de assumir a honrada posição. Entretanto, a pessoa certa parece ser Zhen (Awkwafina) uma raposa com muitas habilidades, mas que não gosta muito da ideia de ser treinada. Como se os desafios já não fossem o bastante, a Camaleoa (Viola Davis), uma feiticeira perversa, tenta trazer de volta todos os vilões derrotados por Po do reino espiritual.

Conheça a Sessão Azul

Criado por duas psicólogas, a Sessão Azul é um projeto focado em ajudar famílias a encontrar ambientes inclusivos para levar suas crianças. Isso porque ainda é comum que muitas delas sofram ao sair de casa. Além de sentirem o julgamento nas reações das pessoas a partir dos comportamentos de seus filhos autistas.

Nessa salas adaptadas de cinema para autista, todas as sessões têm sons mais baixos e luz acessa, para que as crianças com distúrbio sensorial se sintam mais confortáveis durante todo o filme. Além disso, não são passados trailers comerciais que não façam parte do filme. Por fim, todos podem entrar e sair quando quiser, dançar, gritar ou cantar à vontade.

Outra característica muito importante da Sessão Azul é que as sessões funcionam como uma extensão do trabalho terapêutico já realizado com as crianças, diminuindo barreiras e aumentando o engajamento dos pais nos processos de intervenção.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape