ads-geral-topo

Mulher é atacada e esfaqueada pelo próprio filho em Cachoeiro

Um homem de 26 anos foi preso na noite desse domingo (4), após atacar e esfaquear a própria mãe, de 48 anos. O crime aconteceu por volta das 21h, no Condomínio Otílio Roncetti, no bairro Gilson Carone, em Cachoeiro de Itapemirim. Segundo informações passadas pela filha da vítima e irmã do suspeito, mãe e filho […]

Por Redação

em 05 de dez de 2022, às 13h59

2 mins de leitura

Um homem de 26 anos foi preso na noite desse domingo (4), após atacar e esfaquear a própria mãe, de 48 anos. O crime aconteceu por volta das 21h, no Condomínio Otílio Roncetti, no bairro Gilson Carone, em Cachoeiro de Itapemirim.

Segundo informações passadas pela filha da vítima e irmã do suspeito, mãe e filho estavam em casa sozinhos – ela na sala assistindo TV e ele no quarto – quando o rapaz a chamou pois queria mostrar algo a ela.

“Minha mãe contou que não houve briga. Meu irmão simplesmente a chamou para ver algo no quarto. Quando ela chegou, ele a atacou e a esfaqueou na região da barriga. Ela se virou e começou a correr para pedir ajuda, ele então a esfaqueou nas costas e, em seguida, na cabeça. Ele ainda a agrediu com uma cadeira”, contou.

Os vizinhos ouviram os gritos da vítima e correram para ajudá-la. Eles conseguiram arrombar a porta da casa e salvar a mulher. A Polícia Militar (PM) foi então acionada e, o homem, preso em flagrante.

“Minha mãe me ligou e eu corri para a casa dela. Eu então a socorri e a levei para o UPA. Ela foi atendida e liberada durante a madrugada, entretanto, hoje de manhã votou a piorar e eu a levei para a Santa Casa de Cachoeiro”, explicou.

Ela contou ainda que o irmão é usuário de drogas e que a família vem tentando uma internação para ele. “Meu irmão não é agressivo e nem tem histórico de brigas. Infelizmente ele é usuário de drogas e nós estamos tentando interná-lo. Recentemente, a esposa dele pediu o divórcio e, minha mãe, que mora em Marataízes, veio ficar aqui para cuidar dele, até que a internação aconteça”.

Sobre o estado de saúde da mãe, ela contou que a mesma está lúcida, mas segue internada e com muita do. “Minha mãe está mal. Além da dor física, ela está abalada psicologicamente e com muito medo. Estamos esperando o resultados dos exames, para saber qual o real estado de saúde dela”.

Por fim, ela contou que o irmão segue preso e que a audiência de custódia dele será nesta será na terça-feira (6).

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape