ads-geral-topo

Zona de Perigo

Léo Santana revela aumento expressivo em cachê após hit. Saiba quanto!

Em um papo descontraído, Léo Santana falou sobre diversos assuntos

Por Redação

2 mins de leitura

em 25 de abr de 2023, às 13h39

Foto: Reprodução

A coluna LeoDias esteve no Rodeio de Mirassol nesse domingo (23/4) e teve a oportunidade de conversar com uma das principais atrações do evento, o cantor Léo Santana. Em um papo descontraído, Léo Santana falou sobre diversos assuntos. Dentre eles, o cantor revelou que teve um aumento expressivo em seu cachê depois de estourar com o hit Zona de Perigo durante o Carnaval deste ano.

Aumento de cachê

Léo Santana não se omitiu e revelou que teve um aumento significativo em seu pagamento após o sucesso absoluto de Zona de Perigo. Segundo o cantor, seu cachê teve um crescimento de 70% após a faixa viralizar.

“Deu uma valorizada, né. Eu não gosto de falar muito sobre isso, você sabe, mas acho que valorizou uns 70%. A música ajudou a levar a gente à praças que a gente não ia. Nos dá mais tesão para as próximas”, disse o cantor.

Promessa quebrada após dançar sem camisa

Um dos principais motivos do hit Zona de Perigo ter viralizado nas redes sociais foi um dos vídeos de divulgação da música, no qual Léo Santana aparece sem camisa dançando a coreografia da música ter caído nas graças do público, em especial das mulheres. Com o sucesso, o cantor tinha feito uma promessa de ficar alguns shows sem tirar a camisa. No entanto, a promessa acabou durando pouco tempo.

“Eu falei que eu ia dar uma segurada, dar um tempo, mas é muita pressão psicológica. Durou duas semanas, eu sou pelo meus fãs e eu recebi muita cobrança, enxurrada de mensagem”, detalhou.

Virada de chave com Zona de Perigo

Após ficar em primeiro lugar nas paradas com o novo hit, Léo Santana admitiu que a faixa Zona de Perigo foi uma virada de chave em sua carreira solo. Segundo o cantor, foi semelhante ao momento vivido quando era integrante do grupo Parangolé e teve a faixa Rebolation como principal sucesso do carnaval de 2009.

“Foi sim, carreira solo foi sim (uma virada). Foi igual Rebolation com o Parangolé. É claro que vem acompanhando nosso trabalho já sabe que a gente vem em uma evolução constante, mas o Zona de Perigo foi diferente. Eu precisava de um hit assim”, detalhou o cantor.

Fonte: Coluna LeoDias / Metrópoles

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

Assuntos:

Léo Santana
ads-geral-rodape