ads-geral-topo
Cidades

Santuário de Aracuí, em Castelo, celebra 29 anos com tradicional Celebração

Considerado um importante ponto de peregrinação e fé, o local acolheu dezenas de fiéis que lembraram o milagre da aparição da Virgem Maria

Por Redação

em 23 de maio de 2023, às 17h27

3 mins de leitura

Foto: Divulgação

Erguido em homenagem à Nossa Senhora Imaculada Esposa do Divino Espírito Santo, o Santuário Aracuí, em Castelo, celebra 29 anos de história neste mês de maio.

Considerado um importante ponto de peregrinação e fé, o local acolheu dezenas de fiéis que lembraram o milagre da aparição da Virgem Maria que, segundo a tradição local, aconteceu em 1994.

Mauro de Souza Romanelo, coordenador do Santuário, conta que no local já teriam acontecido aparições de Nossa Senhora, entre maio e outubro de 1994. Contudo, ressalta que a primeira aparição foi no dia 13 de maio de 1994 para uma devota chamada Neusa Baccini.

“Foi ela que teve a visão e orientação da Santa para fazer a imagem com o manto verde. Ela começou tudo aqui. Depois o empresário Aremildo Pessim fez essas esculturas de granito que embelezam o espaço”, relata.

A missa foi presidida pelo pároco da paróquia Santo André Apóstolo, Pe. Carlos Henrique Dias, com início às 15 horas, horário da primeira aparição de Nossa Senhora, e durou cerca de uma hora e meia, com muitos cânticos e palavras que exaltavam a devoção mariana.

“Foi uma cerimônia linda e muito emocionante. Iniciamos com uma procissão, conduzida pelo Cenáculo Mariano, nos remetendo ao passado quando um grupo de devotos se reuniam na fazenda da família Martins e subiam o monte em procissão”, contou Pe. Carlos Henrique.

Uma confraternização marcou o encerramento das comemorações: “houve uma partilha que, só foi possível, graças as doações dos nossos fiéis (…) Este dia ficará marcado como um dia de muitas benções, graças e emoção.” Conclui o sacerdote.

Santuário de Aracuí

Há 29 anos uma romeira de Muriaé, Minas Gerais, recebeu uma milagrosa revelação: a Virgem Maria apareceria por alguns minutos na localidade de Aracuí, interior do Espírito Santo. A revelação feita por um religioso se confirmou e a primeira aparição aconteceu pontualmente às 15 horas, do dia 13 de maio de 1994. Um rapaz que sofria com uma grave doença pressentiu que algo iria acontecer no alto do morro e foi até lá.

Embaixo de uma árvore – que está lá até hoje e que guarda uma imagem – ele recebeu então a cura daquela doença que o afligia. Desde então, todo dia 13 de cada mês são realizadas missas no local que recebe centenas de visitantes.

O local já atraiu figuras famosas como o cantor Roberto Carlos que, recorreu ao espaço no dia 13 de maio de 1999 em busca do pedido de cura para sua esposa Maria Rita, que enfrentava um câncer. O cantor voltou três meses depois, em 13 de agosto, para agradecer os bons resultados do tratamento da esposa.

Existem no Santuário vários monumentos em mármore e granito, além de uma imagem de Cristo em um tablado de madeira, a imagem da Imaculada e um terço gigante de madeira na árvore onde, segundo a tradição, aconteceu o milagre da aparição.

No local também há uma nascente, cuja água é considerada pelos fiéis especial e com poderes milagrosos. Com isto, muitos visitantes costumam levar um pouco para casa ou para amigos que estejam enfrentando dificuldades e problemas de saúde.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape