ads-geral-topo
Variedades

Manoel Soares rebate rumores mostrando carta de desligamento da Globo

No vídeo publicado no Instagram nesta quarta-feira (5), o jornalista mostrou uma parte de sua carta de demissão da emissora

Por Estadão

4 mins de leitura

em 06 de jul de 2023, às 08h36

Foto: Reprodução

Manoel Soares, ex-apresentador do Encontro com Patrícia Poeta, se manifestou – e ressaltou que seria a última vez – sobre os rumores de que teria sido denunciado por assédio no Compliance da TV Globo.

No vídeo publicado no Instagram nesta quarta-feira (5), o jornalista mostrou uma parte de sua carta de demissão da emissora, da qual fora dispensado em 30 de junho, para desmentir os boatos envolvendo o seu nome.

“Essa é a última vez que venho falar sobre esse assunto aqui com vocês Por conta da minha saída da Globo, na última sexta-feira (30 de junho), alguns perfis de redes sociais e de alguns jornais estão especulando as razões da minha saída. E entre essas especulações, estão denúncias de compliance, em que eu teria tratado mal algumas pessoas, teria andado de roupão nos corredores e por aí vai”, começou Manoel.

“A primeira coisa que é importante entender: Compliance é uma ferramenta fundamental para que empresas sérias possam oportunizar denúncias se os seus funcionários se sentem ofendidos ou atingidos por uma condução inapropriada. Depois que a denúncia é feita, obviamente que um comitê de compliance precisa fazer uma avaliação, uma investigação. E, se essa denúncia se comprovar, a pessoa que cometeu esse erro, que fez o que não deveria ter feito, precisa responder pelas suas ações”, explicou.

Manoel Soares, então, mostrou seu trunfo: uma carta de desligamento sem justa causa. “Se eu tivesse cometido o que estão falando, teria sido demitido por justa causa. Não foi isso que aconteceu, e eu vou colocar aqui a minha carta de desligamento da Globo. Está escrito sem justa causa, ou seja, foi um desligamento de comum acordo. Se eu fosse culpado como esses jornais e veículos estão especulando, seria por justa causa”, destacou. “Obviamente se vocês veem isso, tentem ver se tem prova do que eles estão falando. É importante entendermos que difamação é crime, está tipificado no código penal”, emendou o jornalista.

Para finalizar, ele contou que terá novidades profissionais em breve: “Eu não quero voltar a falar desse assunto, até porque tem muita coisa que estou preparando e vai chegar até vocês. E eu estou doido para contar. O nosso encontro vai ser muito mais bonito daqui para a frente. Fique em paz”.

Cenas constrangedoras no Encontro

Após a saída de Fátima Bernardes do Encontro, Manoel Soares foi anunciado como coapresentador desde o início da reformulação do programa, que passou a ser comandado por Patrícia Poeta em junho de 2022.

Desde o início da parceria, os dois passaram a protagonizar momentos de constrangimento ao vivo e rumores de crise interna no matinal da Globo.

Patrícia Poeta recebeu críticas nas redes sociais pelo seu comportamento com o colega – internautas afirmavam que ela o interrompia com frequência. Em setembro de 2022, ela chegou a desabafar sobre os comentários que vinha recebendo, apesar de não citar diretamente o nome de Manoel.

“Engoli a seco ataques maldosos e mentiras descabidas ditas por pessoas irresponsáveis. Mas agora chega. Basta. Sou humana. Sou mulher. Batalhadora e, sinceramente, merecedora de cada conquista até aqui. Quem me conhece sabe disso. Afinal, são 25 anos trabalhando duro, me dedicando e nunca fazendo mal a ninguém”, afirmou na ocasião.

Climão em abril deste ano

O estopim para as críticas e o “climão” entre os apresentadores aconteceu só em abril deste ano. Na ocasião, um vídeo de Patrícia interrompendo Soares ao vivo no Encontro viralizou nas redes sociais.

No registro, a apresentadora começa a falar e passa na frente do colega enquanto ele ainda comentava o assunto que estava sendo debatido. O jornalista aparenta estar desconfortável ao ser interrompido por ela. Alguns instantes depois, Patrícia, no entanto, pede desculpas: “Pode falar, Manoel, desculpa”.

Bandeira branca?

Outras polêmicas repercutiram logo depois, mas no já no início de junho, Manoel Soares publicou uma foto ao lado de Patrícia Poeta para celebrar seu “primeiro programa com 43 anos”, mas internautas apontaram que a publicação seria uma tentativa de apaziguar os rumores de crise.

Ele chegou a citar o “carinho dos amigos” na publicação. “Amizade, respeito e paz é o que o futuro está prometendo e meu coração está feliz e aberto”, disse.

Estadao Conteudo

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape