ads-geral-topo
Nacional

Apoiadoras de Bolsonaro comemoram saída de presídio com dança e tornozeleira

Na última segunda-feira (7), o ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes decretou a soltura de 90 presos dos atos de 8 de janeiro

Por Estadão

2 mins de leitura

em 11 de ago de 2023, às 08h49

Foto: Reprodução/Internet

Um grupo de mulheres presas pelos ataques aos prédios dos Três Poderes no 8 de janeiro apareceram festejando a liberdade em um vídeo que circula nas redes sociais. De tornozeleira eletrônica e segurando taças, as apoiadoras do presidente Jair Bolsonaro (PL) cantam e dançam sincronizadas uma música criada por elas. Na canção, afirmam que a prisão foi ilegal e contra princípios da Constituição Federal, e que acabou o tempo na “Colmeia”, termo usado em referência à Penitenciária Feminina do Distrito Federal.

“Viva, família! Vamos voltando! A temporada na Colmeia está acabando. Nossa prisão foi ilegal e fere os princípios da CF nacional. Olê, olê, olê, olê. Fui para a Colmeia, foi por mim e por você. Olê, olê, olê, olê. Voltei para a casa para a verdade aparecer”, cantam as mulheres no vídeo.

Na última segunda-feira (7), o ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes decretou a soltura de 90 presos dos atos golpistas do 8 de janeiro, sendo 37 mulheres e 53 homens. A prisão foi substituída por medidas cautelares como uso de tornozeleira eletrônica, proibição de uso de redes sociais, cancelamento dos passaportes, suspensão do porte de armas e obrigação de comparecer semanalmente à Justiça. Na terça-feira (8), uma nova decisão de Moraes liberou mais 72 presos, dentre eles, 25 mulheres e 47 homens.

Em nota, Secretaria de Administração Penitenciária do Distrito Federal informou que as decisões do ministro chegaram ao órgão na noite de segunda e todas as solturas foram realizadas até o final da manhã da última quarta-feira (9).

Para assistir ao vídeo, basta clicar aqui.

Estadão Conteudo

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape