ads-geral-topo
Economia

Caixa renegocia R$ 1,32 bi em dívidas de 63 mil clientes através do Desenrola

Cartão de crédito, cheque especial e CDC (crédito pessoal) são as linhas que contam com o maior índice de regularização no banco.

Por Estadão

2 mins de leitura

em 11 de ago de 2023, às 17h15

Foto: Divulgação

A Caixa Econômica Federal (CEF) já renegociou R$ 1,32 bilhão em dívidas de 63 mil clientes através do Desenrola, o programa de renegociação criado pelo governo federal. O banco público afirma que, nas primeiras semanas da iniciativa, foram mais de 79 mil contratos regularizados, com 91% das propostas negociadas à vista.

Segundo a Caixa, cartão de crédito, cheque especial e CDC (crédito pessoal) são as linhas que contam com o maior índice de regularização no banco. As três linhas estão entre as de maiores taxas de juros no crédito para pessoas físicas, porque costumam ter riscos também mais altos.

Ontem, o Banco do Brasil informou ter renegociado R$ 4,4 bilhões nas primeiras semanas do programa. O BB tem estendido as condições de renegociação a clientes que não necessariamente se enquadram nas condições da Faixa 2, que está em vigor atualmente.

Na Faixa 2, os bancos podem renegociar as dívidas de clientes que têm renda mensal entre dois salários mínimos e R$ 20.000. Na próxima fase, prevista para começar em setembro, entrarão as dívidas contraídas junto a outros setores, como telefonia e serviços públicos, e os bancos poderão “comprar” os débitos dos credores originais, em um leilão em que vencerá a proposta com os maiores descontos, para buscar o recebimento dos clientes. Haverá garantia do Tesouro a clientes com renda de até dois salários mínimos.

Estadao Conteudo

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape