ads-geral-topo
Turismo

Turismo de praia e montanha: o que fazer em dois dias em Anchieta?

A cidade se destaca por suas praias tranquilas, bucólicas, agitadas e urbanizadas, com destinos ecológicos que integram a beleza litorânea

Por Redação

em 01 de set de 2023, às 13h50

23 mins de leitura

Foto: Divulgação/PMA

Anchieta é conhecida como a Capital Estadual da Moqueca Capixaba. O município é um dos destinos turísticos mais procurados no Sul do Espírito Santo, principalmente no período do verão. Com belas praias e paisagens exuberantes, é possível conhecer muitos atrativos e provar a comida típica do Estado. Mas, o que fazer em dois dias em Anchieta?

A cidade se destaca por suas praias tranquilas, bucólicas, agitadas e urbanizadas, com destinos ecológicos que integram a beleza litorânea.

O município possui 30 km de extensão litorânea com 23 praias recortadas por enseadas, cabos, falésias e lagoas que enriquecem a paisagem. Nas praias mais movimentadas, lazer, entretenimento aos adeptos dos mais variados esportes náuticos e de aventura.

Além de todas as belezas naturais, a cidade guarda a memória histórica do Espírito Santo, e abriga também o Santuário Nacional de São José de Anchieta, padroeiro do Brasil. O local recebe milhares de turistas ao longo do ano e está localizado na sede do município, o que coloca Anchieta no roteiro de turismo religioso do Estado.

A cidade possui outros monumentos que atraem muitos turistas durante o ano, como: a Casa da Cultura, as Ruínas do Rio Salinas, os Poços Jesuíticos, além de casas e sobrados, que formam o patrimônio histórico do município, e que abrigaram os primeiros colonizadores da cidade.

Turismo religioso: Santuário Nacional São José de Anchieta

O Santuário Nacional de São José de Anchieta é um dos atrativos do turismo religioso
Foto: Gabriel Lordello/Mosaico Imagem

O local é um santuário católico dedicado a São José de Anchieta e conta também com um centro interpretativo que ilustra o papel e a obra do Apóstolo do Brasil e as vivências dos missionários jesuítas.

É composto por um conjunto arquitetônico, que compreende a Igreja de Nossa Senhora da Assunção, o Museu Nacional São José de Anchieta e a Cela (quarto do “Apóstolo do Brasil”), construída no século XVI.

No Museu podem ser vistos móveis antigos, peças arqueológicas, roupas e outros grandes objetos de valor religioso e histórico do século XVI até os dias atuais. Na Cela de São José de Anchieta se encontra a relíquia de um de seus ossos.

O Museu é aberto à visitação de terça a domingo, das 9h às 17h. No local há uma lojinha com diversos artigos religiosos e também o café Rerigtiba, que proporciona um delicioso fim de tarde no mirante 360º.

A Igreja Nossa Senhora da Assunção que é uma das mais antigas do Brasil, é um monumento histórico, que segundo a tradição, sua construção se deve a São José de Anchieta. A edificação da Igreja foi feita com o trabalho dos índios catequizados. Na obra, empregaram-se pedras e blocos de recife presos com argamassa feita com óleo de baleia. Era desta maneira que os jesuítas construíam seus templos no Brasil.

Junto à Igreja, construiu-se a residência dos padres. Ainda hoje quem observa a histórica edificação, no alto do morro sobre a foz do rio Benevente, nota que sua fachada é formada pela Igreja e pela antiga residência dos jesuítas.

O que fazer em dois dias em Anchieta?

O potencial turístico de Anchieta é vasto. Em seus belíssimos balneários estão garantidos lazer e entretenimento para banhistas e adeptos dos mais variados esportes náuticos.

Espaços culturais, história, religião e fé, praias e gastronomia integram o roteiro turístico em Anchieta. Confira os principais:

Praia Central

Localizada na sede do município, possui cerca de 3,5 km de extensão. Suas areias são de cor marrom e batida, possui águas turvas e calmas.

A praia é muito utilizada para pesca de siri, ostra, camarão, sururu e muito procurada para práticas esportivas como futebol de areia e vôlei de praia.

Próximo ao centro de Anchieta, a praia do Coqueiro atrai muitos turistas
Praia do Coqueiro – Foto: Alissandra Mendes

Praia do Coqueiro

Distante 2 km da sede, passando pela Rodovia do Sol, a praia possui aproximadamente 100 m de extensão. Ela recebe esse nome em virtude de ter vários coqueiros.

O local possui águas claras e transparentes, ondas fracas, areia escura, batida e fina. Fica entre costões e há rochedos à beira mar.

Excelente local de pesca e possui quiosque com serviços de alimentação e bebidas. O acesso à praia é todo pavimentado.

A praia do Marvila, em Anchieta, atrai quem gosta de curtir com menos agito
Praia do Marvila – Foto: Divulgação/Prefeitura de Anchieta

Praia do Marvila

Distante 2,5 km da sede, via Rodovia do Sol, com acesso após a Praia do Coqueiro, é uma pequena enseada virgem de águas límpidas, areia branca e Mata atlântica com grande beleza natural.

Praia do Balanço

Distante 3 km da sede, via Rodovia do Sol, com acesso após a Praia do Coqueiro, possui águas claras, ondas fracas e areia escura e batida.

É uma praia que faz parte de uma sequência de pequenas enseadas. Local de grande beleza natural, com matas secundárias e densas.

O acesso é feito através da estrada de terra a partir da Rodovia do Sol.

Praia Juca da Mata

Distante 3,5 km da sede, é via Rodovia do Sol, uma das praias virgens, boa para pesca de mergulho.

Possui aproximadamente 20 metros de extensão, mar agitado, com ondas de 1 m a 1/2 m, águas claras e areia branca com grande incidência de conchas. O acesso é pelo mar.

Praia do Tombo, em Anchieta
Praia do Tombo – Foto: Renan Alves/Prefeitura de Anchieta

Praia do Tombo

Distante 5 km da sede, pela Rodovia do Sol, é uma pequena enseada virgem de águas límpidas e areia branca, em meio a Mata atlântica.

O acesso é pela trilha na lateral esquerda da praia de Inhaúma ou pelo condomínio Moorea Tenis Beach (acesso liberado para pedestres).

Praia do Sapê

Distante 5,5 km da sede, via Rodovia do Sol, é uma pequena enseada virgem de águas límpidas e areia branca.

O acesso é pela trilha na lateral esquerda da praia de Inhaúma ou pelo condomínio Moorea Tenis Beach (acesso liberado para pedestres).

O balneário de Iriri é um dos principais destinos escolhidos
Foto: Fábio Oliveira Rovetta/Prefeitura de Anchieta

Balneário de Iriri

Distante 10 km da sede, via Rodovia do Sol, Iriri é um nome indígena que significa “ostra” abundante em suas praias.

É formado por belas praias, lindas paisagens e concentra a maior infraestrutura hoteleira do município de Anchieta.

Os turistas vêm dos mais distantes pontos do Brasil, para saborear os frutos do mar e a tradicional moqueca capixaba.

Praia de Inhaúma

Localizada em uma pequena vila de pescadores distante 8,6 km da sede, via Rodovia do Sol, é uma praia de enseada com pequena faixa de areia clara e protegida por costões. Própria para pesca artesanal. Com hotel, pousadas, condomínios e bares.

Praia de Santa Helena

Distante 7 km da sede, entrando pelo Balneário de Iriri, via Rodovia do Sol, é uma praia de enseada com areia clara, boa para surf. Possui pousadas, pequenos sítios e quiosque que servem petiscos e bebidas.

Praia dos Namorados

Localizada no Balneário de Iriri, via Rodovia do Sol, a praia fica em pequena enseada, entre costões, de águas claras e mar calmo, areia dura e amarelada.

Pode ser aproveitada somente para atracação. Possui infraestrutura de meios de hospedagem e alimentação. O acesso é feito pela Rodovia do Sol.

Praia Costa Azul

Localizada no Balneário de Iriri, com principal acesso via Rodovia do Sol, possui aproximadamente 500 metros de extensão. Praia de enseada, entre costões, de águas claras e mar calmo, areia compacta amarelada.

Possui quiosques à beira mar, restaurantes, hotéis, lojas de artesanato, Feira dos Artesãos, onde acontecem os eventos turísticos e culturais. O acesso é totalmente asfaltado.

Praia da Areia Preta

Localizada no Balneário de Iriri, com principal acesso via Rodovia do Sol, possui cerca de 600 m de extensão. Localizada entre costões, possui mar calmo, águas claras com pequenas ondas, areia escura e solta, devido a presença de Ilmenita (areia monazítica). Com vista panorâmica e um belo pôr do sol com vista do Monte Aghá (localizado em Piúma).

Praia de águas tranquilas, os recifes de corais e a imensa vida marinha fazem deste litoral um dos melhores pontos de mergulho do Estado.

No segmento do Turismo Náutico destacam-se o turismo educativo com pesquisas científicas marinhas, no turismo recreativo e de lazer mergulho contemplativo e passeios.

Praia Boca da Baleia

Distante 3 km da sede, via estrada de terra, passando pela Ponta dos Castelhanos, praia tranquila com enseadas virgens e área de preservação e de desova de tartarugas.

Praia de Castelhanos
Foto: Renan Alves/Prefeitura de Anchieta

Balneário de Castelhanos

Distante 4 km da sede, tem acesso pela Rodovia do Sol ou pela estrada de terra, passando por Ponta dos Castelhanos, margeando enseadas e pequenas praias, onde também é caminho dos andarilhos nos “Passos de Anchieta”.

Graças aos recifes na lateral esquerda da praia, há piscinas naturais que são encontradas sempre com maré baixa. Nesses recifes habitam peixes, uma variedade de fauna e flora, habitat natural preservado.

Praia da Guanabara

Localizada entre Castelhanos e Parati distante 5 km da sede, o acesso é pela Rodovia do Sol e pela estrada de terra. Seu nome é originado devido ao naufrágio do navio Guanabara em 1910.

A praia é uma área de preservação ambiental de desova de tartarugas da espécie Caretta – caretta – que é monitorada pelo Projeto IPCMAR*.

A praia de Parati, em Anchieta, encanta pela beleza e águas transparentes
Praia de Parati – Foto: Alissandra Mendes

Praia de Parati

Distante 7 km da sede, via Rodovia do Sol, pequena vila de pescadores. Colonizada inicialmente por índios, sendo sua população formada por descendentes de índios. Seu nome também é de origem indígena. Em Tupi Guarani, Parati significa Baía Pequena.

Suas águas são claras, ondas fracas e é muito procurada para a prática de pesca de arremesso, windsurfe e para pessoas que querem fugir do tumulto das cidades. O balneário possui hotel, camping e casas de aluguel.

Ubú é outro grande atrativo turístico
Praia de Ubú – Foto: Alissandra Mendes

Balneário de Ubú

Distante 8 km da sede, via Rodovia do Sol, pequeno povoado de pescadores, com origem tupi guarani = queda.

Segundo a história, o Padre Anchieta estava sendo conduzido pelos índios para ser sepultado em Vitória (Palácio Anchieta), quando deixaram o corpo cair naquela localidade “Aba ubu” = O Padre caiu.

Com infraestrutura em restaurantes e hotéis, mistura conforto com tranquilidade.

Praia de Tiquiçaba

Distante 9 km da sede, praia pequena e deserta, no Balneário de Ubú. O nome tiquiçaba significa “Praia de pequenas conchas”. É indicada para pesca e mergulho.

Praia do Além

Distante 9,1 km da sede, via Rodovia do Sol ou pelo Balneário de Ubú, próximo à Lagoa de Ubú, seu principal atrativo é a falésia e a configuração recortada da enseada.

O rio Benevente é visto de vários ângulos de Anchieta
Rio Benevente – Foto: @othongrafia/Prefeitura de Anchieta

Rio Benevente

O rio Benevente possui vegetação típica de manguezais, formando igarapés de beleza singular. Os rios Salinas e Árerá completam a bacia hidrográfica do município de Anchieta. É ideal para passeios de descida e subida do rio de barcos e caiaques.

O passeio pelo rio Benevente começa pelo Porto da Colônia de Pesca, onde são oferecidas embarcações pesqueiras com fins turísticos, promovendo um atrativo inesquecível pelos manguezais. A viagem dura cerca de duas horas e propicia ao visitante conhecer a fauna, a flora e a história da região.

As cachoeiras são outras atrativos de Anchieta
Cachoeira do Diamante – Foto: Rozinere/Prefeitura de Anchieta

O manguezal de Anchieta é um dos mais preservados do Estado. Com vários barcos e guias à disposição de turistas e visitantes é possível realizar passeios observando as ilhas de mangue e belas revoadas de garças que frequentam a região. O Rio Salinas surge em meio à vegetação, com seu sítio arqueológico das ruínas, um conjunto de 32 colunas, formando uma antiga salina.

Cachoeiras

Nas regiões rurais do município existem algumas localidades que possuem atrativos turísticos naturais, como o caso da localidade de Alto Joeba.

Com mais de 300 metros de altitude, em relação ao mar – o local possui a Cachoeira da Luz, a Cachoeira do Cafundó, além da Cachoeira da Cabeça Quebrada, na divisa com Guarapari.

Maão-Bá, em Anchieta, apresenta opções de praia e lagoas
Mãe-Bá – Foto: Renan Alves/Prefeitura de Anchieta

Lagoa de Mãe-Bá

No sentido Vitória a Anchieta, Mãe-Bá, primeira localidade a 10,8 km da sede, via Rodovia do Sol – seu nome em tupi guarani “óleos distantes” ou Mãe-Bá = índia curandeira. Com 3,7 km2, é a segunda maior lagoa de água-doce do estado do ES, separada do mar por uma estreita restinga repleta de belas falésias.

A lagoa é adornada por vegetação e bosques de beleza cênica. O artesanato se destaca com fibra da taboa, planta nativa da lagoa.

Lagoa de Ubú

Distante 8 km da sede, com acesso pela Rodovia do Sol ou pelo Balneário de mesmo nome, localizada em Ubú – é chamada Lagoa Azul – possui 0,5 km2 de área – oferece um visual belíssimo a quem a visita.

Lagoa da Conceição

Distante 9 km da sede, divisa Piúma/Anchieta, acesso pela Rodovia do Sol ou pela Av. Dom Helvécio, em Iriri, próximo da praia Areia Preta, onde deságua, transformando em uma mistura da água do Córrego de Iriri e do mar.

Monte Urubu
Monte Urubu – Foto: Prefeitura de Anchieta

Monte Urubu

Pico culminante com 332m a leste do município, à margem esquerda dos rios Benevente e Salinas. O acesso ao monte pode ser feito através de carro, bicicletas ou a pé.

É um local que permite aos ecoturistas e amantes da natureza um belíssimo passeio através das caminhadas e trilhas. No ponto culminante existe uma clareira, onde se pode ter uma bela visão da natureza.

Ruínas do Rio Salinas

Situada no meio de um bosque de eucaliptos, a poucos quilômetros da cidade de Anchieta, é possível chegar às Ruínas pela estrada de rodagem ou pelo rio Benevente, em um passeio agradável, onde se pode apreciar a beleza da fauna e flora em torno do manguezal.

As Ruínas do Rio Salinas atraem visitantes durante todo o ano
Ruínas do Rio Salinas – Foto: Renan Alves/Prefeitura de Anchieta

As Ruínas do Rio Salinas se destacam do ambiente natural em que se situam não só pelo engenho humano que representam, mas, também pela imponência de suas formas, pela harmonia de suas proporções e pela sequência rítmica do conjunto de pilares e colunas, algumas redondas e outras quadradas.

Construção em alvenaria de pedra, argamassa com uma mistura heterogênea, em que se destacam as pequenas conchas de Anchieta, as Ruínas se alçam do solo a partir de um sistema estrutural básico de colunas e paredes de vegetação.

Voltadas para a ponte, as Ruínas do Rio Salinas emergem como um objeto na grande paisagem territorial que a envolvem. Composta de 32 colunas que, acredita-se também formava uma antiga salina clandestina.

Há algumas suposições do local: para alguns, poderia ter sido uma igreja que os jesuítas ali estivessem construindo. Essa foi a primeira hipótese, não só devido ao grande número de índios que havia nas margens do rio Benevente, como também porque os jesuítas escolheram essa região para desenvolver a catequese com muita intensidade e fervor. E sempre que deparavam com uma região com muitos índios, ali construíam uma igreja como símbolo de fé e de grandeza da igreja católica.

Na região central de Anchieta, o Parque RDS Papagaio atrai famílias e estudantes
Foto: Prefeitura de Anchieta

Parque Urbano RDS Papagaio

Com 14.000 m² de extensão, a Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Papagaio, localizada entre os bairros Nova Jerusalém, Benevente e Nova Esperança, o local possui um prédio para a gestão da RDS, com auditório com capacidade de 40 lugares, um viveiro de mudas de árvores nativas, um circuito para caminhada com trilha percorrendo o parque, além de um playground, mirante com área de convivência, esculturas de espécies da região, estacionamento, banheiros, sinalização temática e videomonitoramento. Ainda o espaço conta com uma academia popular.

A Unidade de Conservação Reserva de Desenvolvimento Sustentável – RDS Papagaio é uma das quatro Unidades de Conservação do município de Anchieta. Esta unidade foi criada pelo Decreto Municipal 3692/2011, com a finalidade de conservar o manguezal, o rio e as espécies que nele habitam, como pássaros, caranguejos, peixes, entre outros.

Casa da Cultura de Anchieta
Foto: Prefeitura de Anchieta

Casa da Cultura

A Casa da Cultura de Anchieta, localizada na sede, constitui um dos patrimônios histórico culturais do município, construído em 1927.

Inicialmente era a sede da Prefeitura, Câmara dos Vereadores e o Fórum. A partir de 1989 deixou de ser a sede da Prefeitura e continuou sendo a Câmara Municipal até 1995. Atualmente, funciona apenas como Casa da Cultura.

No local podem ser vistos documentos, fotos, cartas, que relatam a história da cidade, alguns objetos pertencentes e utilizados pelos colonizadores e personalidades importantes que viveram ou passaram pelo município.

Podem ser vistos ainda, livros com mais de cem anos (com raridades como assinaturas, fotos e documentos), todas as obras do padre Anchieta, todas as obras escritas a respeito dele e todas as obras dos jesuítas até 1759.

No andar térreo abriga um miniteatro, onde são realizadas várias exposições.

Antigo Hotel
Foto: Prefeitura de Anchieta

Centro Cultural – Antigo Hotel Anchieta

O Centro Cultura Anchieta foi o grande Hotel Anchieta, que guarda em sua memória parte da história do município. Construído por Dom Helvécio em 1940, posteriormente foi adquirido pela tradicional família Bezerra e foi o primeiro hotel da região, tendo como finalidade hospedar as famílias das alunas internas que estudavam no Colégio Maria Mattos.

Muitas autoridades de renome nacional, como governadores e até vice-presidentes, se hospedaram no hotel. Sua localização privilegiada servia para contemplar toda a beleza da baía e também da Igreja Nossa Senhora da Assunção, hoje o Santuário Nacional do Beato Anchieta.

Atualmente, o Hotel Anchieta se tornou o Centro Cultural Anchieta. É referência cultural para a região. Os visitantes podem conhecer partes da história do município e observar a rica arquitetura do local. No espaço são realizadas exposições, aulas de música e dança, entre outras ações culturais.

Poço do Coimbra

Outro testemunho da memória histórica do município, com aproximadamente 250 anos de existência, fonte natural do alto do morro, depois da igreja de Nossa Senhora da Penha de onde vinha a água utilizada pelos moradores de Anchieta, antes de haver o abastecimento a domicilio com água da Companhia de Abastecimento de Água.

Poço do Quitiba

Localizado a poucos metros do centro, no lado sul da baía de Anchieta, em área particular, suas águas permanecem de boa qualidade.

Poço dos Castelhanos ou Anchieta

Localizado na Ponta dos Castelhanos, o Beato Anchieta, segundo as lendas, ao retornar de uma viagem com os índios, bateu com o seu cajado na pedra e fez jorrar água, que possuía poderes de cura.

Circuito dos Imigrantes é a opção de turismo rural em Anchieta
Foto: Prefeitura de Anchieta

Circuito dos imigrantes

O Circuito dos Imigrantes de Anchieta é sinônimo de muita cultura e boa gastronomia. A poucos minutos da praia, leva a um passeio pelo interior mostrando as paisagens de montanhas, vales, corredeiras, cachoeiras, piscinas naturais e clima ameno com o bucolismo típico da área rural.

O circuito é formado pelas comunidades de Alto Pongal, Córrego da Prata, Alto Joeba, Dois Irmãos e Simpatia. O roteiro com montanhas e muito verde, contempla restaurantes, agroindústrias, cachaçaria, embutidos e produtores de frutas e queijo.

Como chegar?

Quem sai de Vitória, o percurso até chegar em Anchieta pode ser feito pela BR-101 ou também pela Rodovia do Sol. Se optar pela BR-101, o trajeto pode ser feito 1h17, em um total de 82 quilômetros.

Já para quem sai de Cachoeiro de Itapemirim, o percurso por ser feito pela BR-101 ou pela Rodovia ES 490, passando por Marataízes, Itapemirim e Piúma. Se optar pela BR-101, o trajeto pode ser feito em 1h13, em um total de 67 quilômetros.

Onde ficar?

Sede

Pousada do Santuário

  • (28) 99939-4243
  • Anexo Santuário Nacional de São José de Anchieta

Pousada canto da Praia

Hotel Porto Velho

Pousada Recanto

Pousada Beira Mar

  • (28) 99953-3021 / (28) 3536-1256

Iriri

Coqueiros Praia Hotel

Hotel Ilmenita

Hotel Marlim Azul

Hotel Pontal das Rochas 

Hotel Portal da Lua

Hotel Maringá 

Hotel Morubixaba 

Pousada das Acácias

Pousada da Meméia

  • pousada@pousadadameméia.com.br 
  • (28) 3534-1534 / (32) 99924-4124

Pousada Solar da Praia

Hotel Espadarte

Pousada Recanto da Pedra

Pousada da Mata 

Pousada Barlavento

Pousada das Flores

Pousada Tia Valda

  • (28) 3534-1463 / (28) 98801-7137

Hostel Luz

  • (27) 99749-1310

Flor da Europa Apart Hotel

  • (28) 99910-9409

Iriri Park Hotel

Castelhanos

Thanharu Praia Hotel 

Hotel Castelhanos

Pousada Maravista 

Pousada Tortuga

Pousada João de Barro 

Pousada Pousad’oca 

Pousada Morada dos Ventos

Pousada Papaco’s

  • (28) 99999-2272 / (28) 99947-9317

Ubú

Hotel Pontal de Ubú

Pousada de Ubú 

Pousada Pau Brasil

Parati

Paraíso Azul Hotel 

Paratibela Pousada

  • (28)99926-4381

Guanabara

Pousada da Tina

Mãe-Bá

Pousada Recanto Mãe-Bá (do Peninha)

  • (28) 99275-9496

Simpatia

Recanto da Simpatia 

Olivânia

Estância Recanto das Águas

  • (27) 99915-6600

Sítio Solar dos Ipês

  • (27) 99915-6600

Onde comer?

Sede

Restaurante Novos Sabores

  • Telefone: (28) 3536-1441

Restaurante Doce Prazer

  • Telefone: (28) 3536-1395

Restaurante Sabor Brasileiro

  • Telefones: (28) 99883-9153/(28) 99973-5018

Restaurante Cantinho Português

  • Telefones: (28) 3536-2441/(28) 999613097

Supremo Alimentação

  • Telefone: (28)99915-0194

Pizzaria Massas.com

  • Telefone: (28) 3536-2313

Bloom Goumert

  • Telefone: (28) 99955-5406

Divino Burguer

  • Telefone: (28) 99966-0307

Aryabe Café

  • Telefone: (28) 99915-8523

Bar do Pescador

  • Telefone: (28) 3536-3541

Arriba Açaí

  • Telefone: (28) 99936-0081

Anexo Grill

  • Telefone: (28) 99984-8119

Los Hermanos

  • Telefone: (28) 99915-6344

Lyrios Bar e Restaurante

  • Telefone: (28) 99988-7041

Padaria da Vila

  • Telefone: (28) 99902-9140

Suzy Empreendimentos

  • Telefone: (28) 99969-4970

Gordelicías da Mira

  • Telefone: (28) 99992-1867

Iriri

Restaurante do Português

  • Telefones: (28) 3534-1222 / 3534-1538

Restaurante Maré Alta

  • Telefones: (28) 3534-1537/99957-8414

Restaurante Recanto da Pedra

  • Telefone: (28) 3534-1599

Restaurante Cabana do Nelsinho

  • Telefone: (28) 99910-2255

Gilson Bar e Restaurante

  • Telefone: (27) 99944-5885

Restaurante Delícia Mineira

  • Telefone: (28) 99988-1406

Restaurante Quatro Estações

  • Telefone: (28) 3534-1637

2º Piso Bar e Restaurante

  • Telefones: (28) 3534-1144 / 99944-3892

Restaurante Cabana Aquários

  • Telefone: (28) 99881-0458

Restaurante Cozinha do Pescador

  • Telefone: (28) 99902-3042

Petisco & Cia

  • Telefone: (27) 99609-5586

Spettus Express

  • Telefone: (28) 99953-1131

Restaurante Tutti Buoni

  • Telefone: (28) 3534-1520

Restaurante Rare Rock Steack House

Telefone: (28) 99927-5414

  • Quintal Restaurante & Petiscaria

Telefone: (28) 99881-7422

Paiol Rústico Bar e Restaurante

  • Telefone: (28) 99999-5488

Buena Onda Brew Pub

  • Telefone: (28) 3534-2003

Solar da Praia Bistrô

  • Telefone: (27) 99711-0019

Legusti Restaurante e Pizzaria

  • Telefones: (28) 99900-1393/99915-8503

Pizzaria Manjericão

  • Telefone: (28) 9 9881-0957

Wave House Beach Bar

  • Telefone: (28) 99953-1888

Galpão 23

  • Telefone: (28) 99957-9552

Chamego Lanches

  • Telefone: (28) 99969 0953

Mineiro Lanches e Hot Dog

  • Telefone: (28) 99881-7547

Boteco do Valmir

  • Telefone: (28) 99901-4802

Muvuca do Macarrão

  • Telefone: (28) 99910-5415

Empório Rerigtiba – Confeitaria e Produtos Artesanais

  • Telefone: (28) 99961-3046

La Doceria e Café

  • Telefone: (28) 99941-2050

Arriba Iriri

Telefone: (28) 99912-8062

  • Sol e Neve – Sorvetes e Açai

Telefone: (28) 99900-2225

Paletitas Iriri

  • Telefone: (28) 99951-4679

Sorveteria e Açaiteria Gelatelo

  • Telefone: (28) 99901- 8252

Pastelaria Maravilhas de Iriri

  • Telefone: (28) 99981-8863

Tapioca da Marli

  • Telefone: (28) 99929-9390

Jaciana Bolos e Cia

Telefone: (28)99988-3197

Quiosque Vitória

  • Telefone: (27) 99628-8233

Tenda Árabe Restaurante Bistrot

  • Telefone: (27) 99996-0694

Castelhanos

Papaco’s Restaurante

  • Telefones: (28) 99999-2272/(28) 99947-9317

Moquecaria Restaurante Batelão

  • Telefones: (28) 99994-4764/(28) 99918-7255

Empório das Delícias

  • Telefone: (28) 99938-5649

Restaurante Churrascaria Cantinho Português

  • Telefone: (28) 3536-3777

Beer Burguer Bar

  • Telefone: (28) 99915-2484

Quiosque Rota do Mar

  • Telefone: (28) 99938-0978

Quiosque do Pitanga

  • Telefone: (28) 99885-1095

Quiosque do Tio Ninil

  • Telefone: (28) 3536-5198

Quiosque do Grandinho

  • Telefone: (28) 3536-5198

Ubú

Restaurante Moqueca do Garcia

  • Telefone: (28) 3536-5050

Vilarejo Ubú

  • Telefone: (27) 9 9870-9588

Circuito dos Imigrantes

Restaurante Dom Bernardo

  • Telefone: (28) 99907-4371

Sapore D’itália

  • Telefone: (28) 99917-2352

Queijos Recanto da Simpatia

  • Telefone: (28) 99913-9228

Casa de Carnes do Campo

  • Telefone: (28) 99925-1080

Mulheres da Prata Agroindústria

  • Telefone: (28) 99994-5412

Cachaça Pratinha

  • Telefone: (28) 99982-6504

Delícias de Joeba – Adejo

  • Telefone: (27) 99930-8330

Ki Produtos Orgânicos Energia da Vida

  • Telefone: (28) 99914-0736

Sabores da Vida Polpa de Fruta

  • Telefone: (28) 99995-3540

Cantinho das Castanheiras

  • Telefone: (28) 99963-7608

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape