ads-geral-topo
Variedades

Filme fecha trilogia sobre o caso Von Richthofen

O longa é a continuação dos filmes A Menina Que Matou Os Pais e O Menino Que Matou Meus Pais, lançados em 2021, também pelo Prime Vídeo

Por Estadão

2 mins de leitura

em 31 de out de 2023, às 09h45

Foto: Divulgação

Disponível na Amazon Prime Video, o terceiro e último filme da trilogia sobre o caso Von Richthofen, A Menina Que Matou Os Pais – A Confissão, é a grande aposta da plataforma até o final do ano. Estrelado por Carla Diaz, Leonardo Bittencourt, Allan Souza Lima e Bárbara Colen, o longa é a continuação dos filmes A Menina Que Matou Os Pais e O Menino Que Matou Meus Pais, lançados em 2021, também pelo Prime Vídeo.

Nesses filmes, o chocante assassinato do casal Richthofen é abordado sob duas perspectivas distintas: a de Suzane von Richthofen e a de Daniel Cravinhos. Enquanto A Menina Que Matou os Pais apresenta a visão de Daniel, retratando Suzane como uma jovem descontrolada, O Menino Que Matou Meus Pais é contado sob a perspectiva de Suzane – e, nela, Daniel é mostrado como um namorado abusivo e manipulador.

Já esta terceira produção se aprofunda nos acontecimentos que se seguiram ao crime, revelando momentos cruciais da investigação policial, depoimentos de peso ao longo da história e a confissão do crime. Dirigido por Mauricio Eça e com roteiro de Ilana Casoy e Raphael Montes – autores e cocriadores de Bom dia, Verônica (Netflix) -, o filme é baseado nos autos criminais e nas declarações feitas à polícia tanto por Daniel quanto por Suzane.

Tendo como produtora a Santa Rita Filmes, em coprodução com a Galeria Distribuidora e o Grupo Telefilms, esta parte da história tem no elenco Kauan Ceglio, Arthur Kohl, Che Moais, Adriano Bolshi, Augusto Madeira, Débora Duboc, Daniel Alvim e Gabi Lopes, entre outros.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Estadao Conteudo

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape