ads-geral-topo
Esportes

Santos goleia Vasco por 4 x 1 e deixa a zona de rebaixamento

O resultado faz o Santos chegar aos 27 pontos, ultrapassando o Vasco, com 26, e pulando momentaneamente para a 15ª posição

Por Estadão

4 mins de leitura

em 02 de out de 2023, às 08h28

Foto: Leandro Amorim/Vasco da Gama

Debaixo de chuva, o Santos venceu o confronto direto com o Vasco neste domingo, por 4 a 1, na Vila Belmiro, e deixou da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Marcos Leonardo, duas vezes, Tomás Rincón e Soteldo fizeram os gols do time santista, enquanto Vegetti fez o gol de honra cruzmaltino. A partida foi marcada por uma confusão no segundo tempo, com jogadores expulsos em ambas as equipes.

O resultado faz o Santos chegar aos 27 pontos, ultrapassando o Vasco, com 26, e pulando momentaneamente para a 15ª posição. Caso o Goiás pontue diante do Botafogo, nesta segunda-feira, o time cruzmaltino cai para a 17ª posição e retorna à zona da degola. Na próxima rodada, o Santos disputa clássico com o Palmeiras, no domingo, às 16h, na Arena Barueri. No sábado, o Vasco enfrenta o São Paulo, às 18h30, em São Januário.

Mesmo jogando fora de casa, o Vasco foi quem começou melhor a partida, pressionando o Santos no campo de ataque e controlando as ações da partida. A equipe santista encontrou dificuldades para ir ao ataque, mas na primeira bola enfiada para Marcos Leonardo, o atacante foi derrubado na área por Puma Rodríguez. O árbitro Anderson Daronco marcou a penalidade com o auxílio do VAR e o camisa 9 bateu com força no canto para abrir o placar, aos 14 minutos do primeiro tempo.

O gol animou a torcida do Santos, mas o Vasco era quem continuava melhor na partida, levando perigo à meta de João Paulo em jogadas pelos lados e cobranças de escanteio. Aos 30 minutos, o time cruzmaltino aproveitou falha da defesa e deixou tudo igual com Vegetti após contra-ataque veloz.

O empate parecia ter caído como um banho de água fria para os donos da casa, que não jogavam bem. Porém, a equipe santista voltou à frente do placar aos 45, com o venezuelano Tomás Rincón, após jogada ensaiada de escanteio. Na saída de bola, a defesa vascaína cochilou e Jean Lucas tocou para Marcos Leonardo ampliar para 3 a 1 ainda na etapa inicial.

Precisando do resultado, o Vasco voltou para o segundo tempo com o astro francês Payet e com o atacante Sebastíán Ferreira no lugar do volante Zé Gabriel. As alterações, que tinham o objetivo de deixar o time carioca mais ofensivo, deixou a marcação frouxa e o Santos encontrou espaços. Aos 4, Soteldo fez linda jogada na direita e cruzou para Marcos Leonardo mandar para o fundo das redes, mas o VAR assinalou impedimento.

Soteldo, que não fazia boa partida, voltou a aparecer quando pisou com os dois pés na bola para fazer uma “graça” e recebeu um tranco de Sebastián Ferreira. O lance deu início a uma briga generalizada entre os jogadores de ambas as equipes, incluindo os reservas. A partida ficou paralisada por quase oito minutos e a confusão terminou com o árbitro Anderson Daronco expulsando Lucas Lima e Rodrigo Fernández, que estava no banco, pelo lado do Santos, e Medel, pela equipe cruzmaltina.

O Santos se armou para explorar o contra-ataque após as expulsões, e o Vasco, com muitos jogadores no setor ofensivo, teve dificuldades para encaixar a marcação. Os donos da casa foram premiados pela estratégia aos 29 minutos, quando Soteldo recebeu de Rincón na grande área e encheu o pé para fazer 4 a 1 para os donos da casa, dando números finais à partida.

FICHA TÉCNICA:

SANTOS 4 X 1 VASCO

SANTOS – João Paulo; Joaquim, João Basso e Dodô (Messias); Lucas Braga, Tomás Rincón (Camacho), Jean Lucas (Nonato), Lucas Lima e Kevyson; Soteldo (Dodi) e Marcos Leonardo (Julio Furch). Técnico: Marcelo Fernandes.

VASCO – Léo Jardim; Puma Rodríguez (Maicon), Medel, Léo e Lucas Piton; Zé Gabriel (Sebastián Ferreira), Paulinho, Praxedes (Payet); Marlon Gomes (Jair), Vegetti e Gabriel Pec (Alex Teixeira). Técnico: Ramón Díaz.

GOLS – Marcos Leonardo, aos 14 (pênalti) e aos 47, Vegetti, aos 30, e Tomás Rincón, aos 45 minutos do primeiro tempo. Soteldo, aos 29 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Dodô, Tomás Rincón, Soteldo, João Paulo e Dodi (Santos); Sebastián Ferreira (Vasco).

CARTÕES VERMELHOS – Lucas Lima e Rodrigo Fernández (Santos); Medel (Vasco).

ÁRBITRO – Anderson Daronco (RS-Fifa).

RENDA – R$ 580.037,50.

PÚBLICO – 13.545 pagantes.

LOCAL – Vila Belmiro, em Santos (SP).

Estadao Conteudo

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape