ads-geral-topo
Esportes

Mano e exalta o Red Bull Bragantino: “Não disputam o título à toa”

Dominado pelo rival desde o apito inicial, o treinador disse que a derrota foi justa. "Não soubemos enfrentar o Bragantino

Por Estadão

em 06 de nov de 2023, às 09h34

3 mins de leitura

Foto: Divulgação/Red Bull Bragantino

A derrota de 1 a 0 do Corinthians para o Red Bull Bragantino neste domingo (5), em Bragança Paulista, pelo Campeonato Brasileiro, fez o técnico Mano Menezes ser direto quanto à análise da partida na entrevista coletiva concedida no estádio Nabi Abi Chedid. Ele disse que a atuação da equipe não foi boa e que o time não se impôs contra um rival que busca o título da competição.

“Tivemos muita dificuldade, o adversário comandou o jogo. Quando um time não consegue sair de trás tocando a bola por causa do rival, você tem que ter outra solução, e não conseguimos encontrá-la”, afirmou o treinador.

Dominado pelo rival desde o apito inicial, o treinador disse que a derrota foi justa. “Não soubemos enfrentar o Bragantino. Estivemos longe de achar soluções para conseguir melhorar. O jogo pedia mais disputa física, mais imposição para depois tentar jogar e perdemos a maioria das disputas. O Bragantino é uma grande equipe e não está disputando o título à toa”, comentou.

Com 40 pontos, o Corinthians aparece na 13ª posição. No entanto, a equipe poderá ser ultrapassada pelo Santos, que enfrenta o Cuiabá nesta segunda-feira, em jogo que complementa a rodada do final de semana.

Para não voltar a sofrer com a ameaça de entrar na zona de rebaixamento, Mano não esconde que sua principal aposta nesta reta final do Brasileiro vai ser a experiência dos atletas com mais rodagem. “É uma linha que a gente pretende adotar até o final do campeonato. É a hora mais difícil da competição, onde as coisas se decidem. Ter jogadores que estão acostumados a passar por momentos de pressão ajuda”, disse.

O Corinthians volta a campo no meio de semana e recebe o Atlético-MG na quinta-feira na Neo Química. Para essa partida, o treinador quer um time que demonstre a mesma disposição apresentada na parte final do confronto com o Bragantino.

“Eles(jogadores do Bragantino)foram superiores o tempo todo, mas na parte final, acho que conseguimos equilibrar na disposição. Quanto você não consegue ser tão superior tecnicamente, você tem que competir. Não fizemos nem uma coisa nem outra no primeiro tempo. Não fomos brilhantes e nunca jogamos bem, mas no segundo tempo, a partida foi disputada.”

O desfalque para o confronto com os mineiros fica por conta do lateral Fagner, que levou o terceiro cartão amarelo e vai cumprir a suspensão automática no meio de semana. Mano vai aproveitar a reapresentação do elenco para analisar a condição do zagueiro Lucas Veríssimo, cortado da partida por apresentar um iminente risco de lesão . O treinador vai se reunir com os médicos do clube para avaliar a situação do atleta.

Estadao Conteudo

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape