ads-geral-topo
Saúde e Bem-estar

Dia mundial contra Aids: Unimed Sul faz alerta de prevenção da doença

O dia une esforços no cuidado com a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, oferecendo uma oportunidade de apoiar a luta contra o HIV

Por Redação

2 mins de leitura

em 02 de dez de 2023, às 18h09

Foto: Reprodução

No Dia mundial de luta Contra a AIDS, em uma iniciativa dedicada à saúde e bem-estar, a Unimed Sul Capixaba reforça o compromisso com a conscientização e prevenção da doença, que impacta milhões de vidas, destacando a importância de informar e educar sobre as causas e transmissões sobre o Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV).

A Aids é uma doença causada pela infecção do HIV. Esse vírus ataca o sistema imunológico, responsável pela defesa do organismo contra doenças. Transmitido pelo contato com sangue, sêmen ou fluidos vaginais infectados, altera o DNA das células e se multiplica no organismo humano, proliferando a infecção.

Leia também: Dezembro Vermelho: mês inicia com conscientização sobre prevenção do HIV/Aids

A médica infectologista Luiza Morandi, especialista da Unimed Sul Capixaba, destaca que embora o HIV não tenha cura, há tratamento disponível. Além disso, similar à hipertensão e diabete, é uma doença crônica que requer medicação e controle para evitar complicações.

Os sintomas iniciais, semelhantes aos da gripe, podem surgir algumas semanas após a infecção, incluindo febre, dor de garganta e fadiga. A doença muitas vezes é assintomática até evoluir para AIDS, manifestando-se com perda de peso, febre, sudorese noturna e infecções recorrentes. Portanto, é crucial destacar a prevenção, através do uso consistente de preservativos e do não compartilhamento de agulhas e seringas, desempenhando um papel fundamental na redução do risco de transmissão.

A médica ressalta que o dia 1 de dezembro foi uma data criada para adquirir conhecimento sobre a doença e promover conscientização acerca do diagnóstico e tratamento. Entretanto, a sociedade deve acolher as pessoas afetadas e buscar informações mais precisas sobre a transmissão, esclarecendo que o vírus não se propaga por meio de gestos como abraços ou beijos. Destaca-se a importância do carinho e apoio, aliados à informação sobre prevenção, diagnóstico e, sobretudo, o momento adequado para realizar o teste de HIV.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape