ads-geral-topo
Variedades

Festival de Cannes: conheça o diretor que venceu a Palma de Ouro

Aos 53 anos de idade o diretor nasceu no Estado de Nova Jersey, nos Estados Unidos, e atingiu o principal momento de sua carreira neste sábado (25).

Por Estadão

2 mins de leitura

em 25 de maio de 2024, às 16h58

Foto: Reprodução | Youtube | CANAL+

Sean Baker foi o vencedor da Palma de Ouro do Festival de Cannes em 2024 graças ao seu filme Anora. Aos 53 anos de idade o diretor nasceu no Estado de Nova Jersey, nos Estados Unidos, e atingiu o principal momento de sua carreira neste sábado, 25.

Anora, de Sean Baker

O longa de 2h18 de duração traz como protagonista Anora (Mikey Madison), uma prostituta de Nova York que se casa com o filho de um oligarca russo, cujos pais viajam aos Estados Unidos para tentar anular o matrimônio. Foi aplaudido por mais de 7 minutos após a exibição.

LEIA TAMBÉM: “Mais tarde”: novo single do músico Diego Comum já está disponível

O crítico Luiz Carlos Merten considerou o longa como um dos grandes filmes desta edição, e destacou tratar-se da “mais improvável das histórias de amor, não com o herdeiro. Há redenção para os dejetos humanos do capitalismo.”

Outros trabalhos e carreira de Sean Baker

O foco em trabalhadores do sexo – como prostitutas ou atores pornô – foi alvo de seus últimos cinco filmes, desde Starlet (2012), que lhe rendeu seu primeiro grande prêmio, o Independent Spirit Awards.

“Me tornei amigo delas trabalhadores sexuais e percebi que há milhões de histórias vindas daquele mundo. Se há uma intenção com todos esses filmes, eu diria que é contar histórias humanas, ao contar histórias que são esperançosamente universais. Está ajudando a remover o estigma que sempre tem sido atrelado a esse estilo de vida”, opinou Sean Baker em conferência de imprensa recente, segundo a revista Variety.

Entre outros de seus trabalhos estão Tangerine (2015), sobre uma prostituta transexual. O longa foi exibido no Festival de Sundance e gravado com smartphones. Há ainda The Florida Project (2017), com Willem Dafoe, que aborda a história de uma ex-stripper que é mãe solo, e Red Rocket (2021), ambos também exibidos no Festival de Cannes.

Além de seus filmes no cinema, Sean Baker também criou e dirigiu programas de humor na TV com fantoches, como Greg The Bunny (2002) e Warren The Ape (2010).

Estadão Conteúdo

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

Assuntos:

cannes
ads-geral-rodape