ads-geral-topo
Cidades

Inovação e pesquisa promovem avanços tecnológicos na saúde

Quem vai tratar o tema: “A inovação e pesquisa na saúde como ferramentas para o futuro, será a biomédica Juliana Teixeira Dutra

Por Alissandra Mendes

3 mins de leitura

em 20 de maio de 2024, às 14h49

Foto: Divulgação

A tecnologia é uma aliada dos avanços na área da saúde e tem apresentado grandes resultados, o pode influenciar o futuro de várias maneiras. Esse será um dos temas debatidos no Simpósio de Ciência e Tecnologia na Saúde – PROINTEC, que acontece em Cachoeiro de Itapemirim.

O evento será realizado nesta terça (21) e quarta-feira (22), no Jaraguá Tênis Clube, no bairro Gilberto Machado. Aliás, a inscrição é gratuita. Contudo, para participar o evento basta CLICAR AQUI.

Portanto, quem vai tratar o tema: “A inovação e pesquisa na saúde como ferramentas para o futuro”, será a biomédica Juliana Teixeira Dutra. A especialista explicará como isso promoverá um avanço na área nos próximos anos.

Leia também: Cachoeiro: Simpósio reunirá grandes nomes da saúde; veja a programação

“A inovação e a pesquisa na saúde têm o potencial de influenciar significativamente no futuro de várias maneiras. Dentre elas, promovendo avanços tecnológicos, melhorando a qualidade dos cuidados, aumentando a eficiência dos sistemas de saúde e transformando a experiência do paciente”, ressalta.

Contudo, para Juliana, as ferramentas de inovação e pesquisa na saúde podem auxiliar significativamente no atendimento aos pacientes e nas operações das instituições de saúde de várias maneiras.

“Dentre essas maneiras, estão ligadas diretamente ao diagnóstico e tratamento personalizado, aprimoramento do diagnóstico, monitoramento contínuo e preventivo e eficiência operacional. Facilitar o acesso e telemedicina, melhorando a Experiência do Paciente. A educação e capacitação de profissionais da área da saúde e Pesquisa Clínica e Desenvolvimento de Medicamentos”, continua.

Inovação e pesquisa

Aliás, promover o debate sobre inovação e pesquisa, é uma forma de trocar conhecimento. “Esses debates proporcionam uma plataforma para a troca de conhecimentos, a disseminação de novas ideias e a promoção de avanços que podem transformar a prática da saúde e o cuidado ao paciente”, pontua.

Portanto, sobre a palestra, a especialidade garante que os participantes terão os conhecimentos atualizados. “Os participantes podem esperar sair da discussão sobre inovação e pesquisa na saúde com conhecimentos atualizados. Entender e conhecer como as pesquisas clínicas são desenvolvidas nos nossos hospitais, além de gerar novas ideias, oportunidades de colaboração e uma visão mais clara de como aplicar essas inovações em suas práticas profissionais e na gestão da saúde”, completa.

Quem é Juliana Teixeira Dutra?

Juliana é graduada em Biomedicina (Bacharelado) pelo Centro Universitário – Instituto Brasileiro de Medicina de Reabilitação – IBMR da Rede Laureate International Universities (2017), com Mestrado Acadêmico em Pesquisa Aplicada pelo programa de Pós-graduação do Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira – IFF/FIOCRUZ (2019), aonde desenvolveu atividades científicas envolvendo biologia molecular e imunologia.

Atualmente é doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Doenças Infecciosas do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Espírito Santo (PPGDI/CCS/UFES) desenvolvendo a sua pesquisa na área de Biologia Molecular para o diagnóstico de Covid-19 e infecções respiratórias virais.

Exerceu função de coordenadora de Estudos do Centro de Pesquisa Clínica na AFECC – Hospital Santa Rita de Cássia (AFECC-HSRC) e atualmente é Coordenadora de Projeto e Inovação na Fundação Estadual de Inovação em Saúde (iNOVA Capixaba).

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape