ads-geral-topo
Espírito Santo

Observatório discute políticas públicas para mulheres no ES

Na ocasião foram debatidas e definidas ações que serão realizadas nos próximos meses com foco na temática das mulheres no Espírito Santo.

Por Flavio Cirilo

3 mins de leitura

em 16 de maio de 2024, às 13h50

Foto: Divulgação | Governo do ES

O Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) recebeu a reunião da equipe estratégica do Observatório MulherES, que contou com a participação da Secretaria Estadual das Mulheres (SESM), da Secretaria de Direitos Humanos (SEDH) e da Secretaria de Economia e Planejamento (SEP).

Na ocasião foram debatidas e definidas ações que serão realizadas nos próximos meses com foco na temática das mulheres no Espírito Santo.

LEIA TAMBÉM: Inscrições abertas para festival de quadrilhas juninas em Cachoeiro

O diretor-geral do IJSN, Pablo Lira, destacou a relevância da atuação do Observatório MulherES: “O trabalho do Observatório MulherES tem sido extremamente importante para o Espírito Santo, pois tem resultado em indicadores, informações e evidências científicas que possibilitam a construção de políticas públicas efetivas”, pontuou Lira.

Para a secretária de Estado das Mulheres, Jacqueline Moraes, as informações do Observatório MulherES auxiliam e contribuem para trazer qualidade de vida e garantir a segurança e os direitos das mulheres no Estado. “Este diálogo contínuo e essa parceria estratégica entre as secretarias e o IJSN são fundamentais para avançarmos, garantindo que nossas políticas e programas sejam verdadeiramente eficazes e transformadores”.

Saúde, educação, trabalho e violência foram algumas temáticas ligadas à mulher debatidas na reunião. A secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, destaca a importância do Observatório. “É mais um instrumento do nosso Governo que mostra a responsabilidade com a transparência de informações e nos dá subsídios para ações de garantia dos direitos humanos”.

De acordo com a subsecretária de Estado de Planejamento e Projetos, Andressa Pavão, para que as políticas públicas planejadas sejam convertidas em entregas, ações e resultados para a sociedade, é fundamental que seja estabelecida uma cultura de monitoramento.

“O nosso escritório de projetos atua diariamente neste acompanhamento dos programas e projetos estratégicos de governo e os indicadores gerados no âmbito do Observatório das MulherES são ferramentas primordiais. Para além de sabermos o status de cada entrega, o trabalho do Observatório subsidia, sobretudo, a definição dos caminhos a serem seguidos, dos ajustes necessários a serem feitos, ou seja, garante maior eficácia e eficiência das ações voltadas ao acolhimento, proteção, capacitação e geração de oportunidades para as mulheres em situação de vulnerabilidade e de violência”, destacou.

As ações serão colocadas em prática nos próximos meses. Todo o trabalho desenvolvido pelo Observatório MulherES pode ser acompanhado através do link: https://ijsn.es.gov.br/observatorios/observatorio-mulheres

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape