ads-geral-topo
Esportes

Botafogo derrota Red Bull Bragantino de virada e chega aos 23 pontos

Em casa, o Botafogo começou o jogo tentando pressionar o Bragantino com uma marcação alta

Por Estadão

3 mins de leitura

em 27 de jun de 2024, às 08h51

Foto: Divulgação/Botafogo

Com dois gols do meia Eduardo, o Botafogo venceu o Red Bull Bragantino de virada por 2 a 1 nesta quarta-feira (26), no Engenhão pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro e chegou aos 23 pontos. Com o resultado, o time carioca se recuperou após a derrota para o Criciúma e abriu vantagem para o rival, que permanece com 18 pontos na classificação.

Eduardo, que está no Botafogo desde 2022 vindo do Al-Ahli, não marcava desde 2 de maio, quando foi o autor do gol da vitória por 1 a 0 na partida de ida contra o Vitória pela Copa do Brasil. Ao ser substituído no final da partida, ele foi bastante aplaudido pela torcida do Botafogo.

Em casa, o Botafogo começou o jogo tentando pressionar o Bragantino com uma marcação alta, mas o time visitante abriu o placar em um rápido ataque. Helinho conseguiu um belo passe em profundidade para Lucas Evangelista, que passou em velocidade pela zaga do Botafogo, apareceu livre na frente do gol de John e tocou rasteiro de pé esquerdo por baixo do goleiro.

O Bragantino encaixava bem a marcação e tentava assustar o Botafogo quando subia ao ataque. O time carioca tinha mais volume de jogo e buscava as jogadas ofensivas mesmo que nem sempre de maneira coordenada.

Aos 21 minutos, o Botafogo empatou. Após levantamento na área, Tiquinho Soares atuou como pivô e de costas para gol tocou para Eduardo, que limpou a jogada, e mesmo cercado pelos jogadores do Bragantino, chutou, da entrada da área, no canto esquerdo de Lucão.

Após o empate, o Botafogo produziu mais jogadas de ataques, mas era ineficiente na finalização. O Bragantino procurava neutralizar as ações do rival intensificando a marcação na intermediária.

No início do segundo tempo, a dupla Tiquinho Soares e Eduardo voltou a funcionar de maneira parecida com a do primeiro gol. Tiquinho recebeu passe na meia-lua da área do Bragantino e só ajeitou para o companheiro. Eduardo bateu colocado de pé esquerdo no canto direito de Lucão para virar o placar.

O Bragantino só conseguiu uma jogada de perigo aos 26 minutos, com um chute de fora da área de Lincoln. Os visitantes passaram a pressionar o Botafogo, que recuou e precisou contar com importantes intervenções do goleiro John para manter a vitória.

Na próxima rodada, o Botafogo disputa o clássico com o Vasco, no sábado, em São Januário, enquanto o Red Bull Bragantino enfrenta no mesmo dia o Cuiabá na Arena Pantanal.

Ficha técnica

BOTAFOGO 2 X 1 RED BULL BRAGANTINO

BOTAFOGO – John; Damián Suárez, Lucas Halter, Bastos (Cuiabano) e Marçal; Danilo Barbosa, Marlon Freitas e Tchê Tchê; Luiz Henrique (Diego Hernadez), Eduardo (Patrick de Paula) e Tiquinho Soares. Técnico: Artur Jorge.

RED BULL BRAGANTINO – Lucão; Jadsom (Lincoln), Pedro Henrique, Eduardo e Luan Cândido (Nathan Mendes); Raul (Ramires), Juninho Capixaba, Lucas Evangelista e Helinho (Laquintana); Thiago Borbas (Talisson) e Vitinho. Técnico – Pedro Caixinha.

GOLS – Lucas Evangelista, aos 6 minutos, e Eduardo, aos 21 minutos, do primeiro tempo; Eduardo, aos 7 minutos, do segundo tempo

CARTÕES AMARELOS – Marçal e Lucas Halter (Botafogo), Helinho, Lincoln e Pedro Henrique (Bragantino)

ÁRBITRO – Gustavo Ervino Bauermann (SC).

RENDA – R$ 497.980,00.

PÚBLICO – 11.705 pagantes, 13.333 presentes

LOCAL – Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).

Estadao Conteudo

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape