ads-geral-topo
Internacional

“Eu me tornarei a primeira mulher presidente do México”, diz Claudia Sheinbaum

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse na noite do domingo (2), que "hoje é um dia de glória" no país por causa da vitória de Claudia

Por Estadão

1 min de leitura

em 03 de jun de 2024, às 11h50

Foto: Reprodução/Redes sociais

A candidata governista Claudia Sheinbaum, que teve a vitória nas eleições presidenciais do México projetada pelo órgão eleitoral, disse que os dois principais adversários no pleito já reconheceram a derrota.

“Eu me tornarei a primeira mulher presidente do México”, disse Sheinbaum, com um sorriso no rosto, em um hotel da Cidade do México, no início da madrugada desta segunda-feira, 3. “Nós demonstramos que o México é um país democrático com eleições pacíficas”, disse a presidente virtualmente eleita.

‘Dia de glória’

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse na noite do domingo (2), que “hoje é um dia de glória” no país por causa da vitória de Claudia Sheinbaum nas eleições presidenciais. “O povo do México decidiu livre e democraticamente que Claudia Sheinbaum se converta na primeira mulher presidente em 200 anos de vida independente da nossa República”, disse o presidente nas redes sociais.

Sheinbaum era a candidata governista e, durante a campanha, prometeu dar continuidade ao trabalho de López Obrador. Fonte: Associated Press.

Estadao Conteudo

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape