ads-geral-topo
Variedades

Grupo de turistas fica preso por quase uma hora no elevador do Sampa Sky

A administração do Mirante do Vale disse que acionou a empresa Atlas Schindler de imediato quando houve o incidente

Por Estadão

1 min de leitura

em 01 de jun de 2024, às 12h16

Reprodução: Redes Sociais

Um grupo de turistas ficou preso por quase uma hora no elevador do edifício Mirante do Vale, nesta quinta-feira (30), quando saía da atração Sampa Sky, um deck de vidro em que o visitante observa do alto a paisagem de São Paulo. A administração diz que acionou a assistência técnica.

Localizado no centro, o prédio tem 51 andares. Aliás, o mirante de vidro, que foi inaugurado em 2021, fica no 42º andar, ou a 150 metros do chão, conforme anuncia a atração.

Contudo, um dos visitantes que ficaram presos foi às redes sociais do Sampa Sky Para reclamar. “Vocês cobram uma fortuna e o elevador trava com 15 pessoas. Mais de 50 min de espera pelo técnico. Decepcionante”, disse. O preço da entrada chega a R$ 120.

Assim, por meio de nota, Alessandro Martineli, sócio do Sampa Sky, lamentou o ocorrido e disse que o elevador “foi inaugurado há aproximadamente dois meses após um processo total de renovação com troca completa de seus mecanismos”.

Aliás, a administração do Mirante do Vale, por sua vez, disse que acionou a empresa Atlas Schindler de imediato quando houve o incidente, e que uma equipe foi até lá para oferecer assistência técnica.

Estadao Conteudo

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape