ads-geral-topo
Esportes

Internacional vence na Bolívia e terá “final” para avançar na Sul-Americana

O Belgrano-ARG, que já fez os seis jogos, está garantido na liderança com 12 pontos e vai direto às oitavas de final

Por Estadão

2 mins de leitura

em 05 de jun de 2024, às 10h18

Foto: Ricardo Duarte

O Internacional segue vivo na Copa Sul-Americana. Na noite desta terça-feira (4), realizou o jogo atrasado da quarta rodada e venceu o Real Tomayapo-BOL por 2 a 0, no estádio IV Centenário, em Tarija, na Bolívia. Os gols do time gaúcho foram marcados por Bruno Gomes e Alario.

A partida foi adiada por conta das enchentes no Rio Grande do Sul. O time gaúcho agora soma oito pontos no Grupo C, em terceiro lugar, logo acima do adversário, que tem um ponto e já está eliminado.

O Belgrano-ARG, que já fez os seis jogos, está garantido na liderança com 12 pontos e vai direto às oitavas de final. Resta ao Internacional o segundo lugar para disputar os playoffs com algum terceiro colocado da Copa Libertadores da América.

Em clima de mata-mata, o time duelará com o Delfin-EQU no próximo sábado, às 21h30, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS). O adversário também soma oito pontos, mas vence nos critérios de desempate. O primeiro critério é o saldo de gols, empatado por 2 a 2. O segundo critério é o gols pró, atualmente 9 a 5 a favor dos equatorianos. O Internacional, portanto, será obrigado a vencer o duelo.

Além da vitória diante do Real Tomayapo, a equipe brasileira entrou em campo sabendo da importância do saldo de gols. Se vencesse a partir de três gols, assumiria o segundo lugar e poderia empatar no duelo decisivo com o Delfín, o que não se concretizou.

O jogo

O time brasileiro balançou a rede logo aos 15 minutos com Alan Patrick, mas o VAR pegou impedimento. Aos 30, o placar foi efetivamente inaugurado. Hyoran recebeu na esquerda e cruzou na segunda trave para Bruno Gomes se jogar e mandar para o gol.

Contudo, o Internacional dominou as ações da partida e teve mais chances para ampliar. No começo do segundo tempo, Hyoran perdeu grande chance, mandando por cima. Alan Patrick parou em grande defesa do goleiro e Maurício até acertou o alvo, mas o VAR entrou novamente em ação e marcou impedimento.

Na parte final, o Real Tomayapo ficou com um a menos e o Inter teve um pênalti aos 42 minutos, cobrado por Alario e defendido pelo goleiro. Um minuto depois, porém, o atacante colorado se redimiu ao completar chute de Bruno Henrique e definir a vitória por 2 a 0.

Estadao Conteudo

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape