ads-geral-topo
Nacional

Mulher grávida interrompe sessão de Câmara e cobra paternidade de vereador

Enquanto o parlamentar falava no plenário, Paula, que segundo Pessoa é sua ex-namorada, entra na reunião e interrompe o político

Por Estadão

2 mins de leitura

em 07 de jun de 2024, às 21h59

Foto: Reprodução

Uma mulher grávida, identificada apenas como Paula, invadiu a sessão da Câmara Municipal de Murici (AL), nesta quinta-feira (6), para cobrar que o vereador Abimael Pessoa (PSB) reconheça a paternidade de seu filho em gestação. Ela alega que não conseguia contato com Pessoa por ter sido bloqueada e que já teria tentando procurá-lo por telefone, mas teria sido ignorada. “Eu sempre disse para ele que viria aqui”, afirma.

Enquanto o parlamentar falava no plenário, Paula, que segundo Pessoa é sua ex-namorada, entra na reunião e interrompe o político, que pede ao presidente da sessão, Deivinho Vasconcelos (MDB), que chame o policiamento da Câmara para retirá-la.

Vasconcelos solicita que a mulher procure o vereador em particular, pois “o regimento da Casa não permite que ninguém fale, só os vereadores”, entretanto não é ouvido.

“Paula, por gentileza, sente-se ali. Independentemente, você não é nenhuma criança. Você tem que esperar”, diz Pessoa. Ao não atender ao pedido de Vasconcelos, ele decide suspender a sessão. “A gente não pode permitir um fato desse aqui na Casa”, disse o presidente.

A reportagem tentou contato com o vereador, que informou que seu pronunciamento oficial sairia em breve.

Para assistir ao vídeo do ocorrido, basta clicar aqui.

Estadao Conteudo

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape