ads-geral-topo
Variedades

Sandra Annenberg diz ter sofrido assédio sexual durante carreira como atriz

egundo a jornalista, ela chegou a perder o papel em uma novela por "não ter cedido". Sandra permaneceu 32 anos sem atuar enquanto se dedicava ao jornalismo

Por Estadão

2 mins de leitura

em 04 de jun de 2024, às 15h20

Foto: Reprodução/Redes sociais

A jornalista Sandra Annenberg, apresentadora do Globo Repórter, revelou ter sofrido assédio sexual à época em que trabalhou como atriz. Segundo a jornalista, ela chegou a perder o papel em uma novela por “não ter cedido”. Sandra permaneceu 32 anos sem atuar enquanto se dedicava ao jornalismo. Ela voltou aos palcos no ano passado em uma montagem infantil de Pedro e o Lobo no Teatro Municipal de São Paulo.

“Eu talvez tivesse ido mais longe muito rápido se eu tivesse concordado em fazer ‘parte da turma'”, comentou a jornalista em uma entrevista ao Mamilos Podcast. Sandra disse que “não jogou o jogo” da televisão e, por isso, perdeu oportunidades.

Ela comentou que, à época, assuntos como assédio não eram discutidos. “Achávamos normal. E eu sempre fui essa feminista, desde sempre”, disse. Sandra ainda revelou uma preocupação com a filha, Elisa, também atriz, pela realidade que enfrentou na televisão.

Segundo Sandra, a mãe da jornalista, que era produtora de TV, não queria que a filha começasse a trabalhar muito cedo. Sandra começou a atuar no ramo com 6 anos. “Por saber não só o que eu enfrentei e entender depois o que a minha mãe não queria que eu fizesse, eu acho que eu “segurei” muito a minha filha. Eu também não queria que ela enfrentasse tudo o que enfrentei”, afirmou.

Sandra chegou a atuar no seriado Bronco, da Rede Bandeirantes, em 1987. Ela também já atuou em diversas minisséries e novelas, como Pacto de Sangue, exibida pela TV Globo em 1989.

Estadao Conteudo

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape