ads-geral-topo
Esportes

Vitória derrota Criciúma, se reabilita no Brasileirão e se afasta do Z4

Mesmo fora de casa, o Criciúma iniciou o jogo pressionando o Vitória

Por Estadão

3 mins de leitura

em 08 de jul de 2024, às 11h28

Foto: Victor Ferreira/ECV

Engrenando sob o comando do técnico Thiago Carpini, o Vitória fez o dever de casa neste domingo (7), ao vencer o Criciúma por 2 a 1, no Barradão, em Salvador, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time baiano se reabilitou após duas derrotas seguidas, e, de quebra, abriu distância da zona de rebaixamento.

Com gols de Alerrandro e Lucas Esteves, o Vitória aparece em 15º lugar, com 15 pontos, três a mais que o Corinthians, que abre a zona de descenso, em 17º, com 12. Entre eles, ainda tem o Cuiabá, com 14. Já o Criciúma aparece logo acima, em 14º, com 16 pontos.

Primeiro tempo

Mesmo fora de casa, o Criciúma iniciou pressionando o Vitória. Os visitantes tinham mais posse de bola e empilharam chances, assustando o goleiro Lucas Arcanjo. Os donos da casa foram acordar após os 15, em cabeçada de Wagner Leonardo que parou na trave.

Assim, crescendo na partida, o Vitória foi eficiente e abriu o placar aos 30 minutos, com Alerrandro cobrando muito bem a penalidade. Contudo, aproveitando o bom momento, Lucas Esteves apareceu nas costas da defesa catarinense e ampliou aos 36. Na reta final, em bela jogada coletiva, o Criciúma descontou, com Matheusinho de cabeça, aos 42.

Segundo tempo

Diferente do fim do primeiro tempo, a segunda etapa começou em ritmo lento, com as duas equipes dosando nas divididas e trocando passes no meio-campo, se estudando bastante. Enquanto o Criciúma buscava espaço para empatar, o Vitória apostava no jogo aéreo para ampliar sua vantagem.

Os visitantes chegaram perto da igualdade, porém o chute de Arthur Caíke carimbou a trave baiana. Após o susto, os donos da casa desaceleraram ainda mais as jogadas, esfriando o jogo. Aliás, na reta final, o Vitória trocou passes e gastou tempo até o apito final, dando uma respirada na luta contra o rebaixamento.

Sobretudo, o Criciúma volta a campo na quinta-feira (11), às 20h, diante do Fluminense, no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC). Mais tarde, às 21h30, o Vitória segue no Barradão, quando recebe o Botafogo, no encerramento da 16ª rodada.

Ficha técnica:

VITÓRIA 2 X 1 CRICIÚMA

VITÓRIA – Lucas Arcanjo; Raúl Cáceres (Bruno Uvini), Willean Lepo, Wagner Leonardo e Lucas Esteves; Luan Vinicius, Willian Oliveira (Zé Hugo) e Léo Naldi; Matheuzinho (Jean Mota), Alerrandro (Culebra) e Janderson (Everaldo). Técnico: Thiago Carpini.

CRICIÚMA – Gustavo; Claudinho, Rodrigo, Walisson Maia e Trauco (Marquinhos Gabriel); Barreto (Newton), Ronald Lopes (Felipe Matheus), Matheusinho (João Carlos) e Marcelo Hermes; Arthur Caike e Bolasie (Eder). Técnico: Cláudio Tencati.

GOLS – Alerrandro, aos 30, Lucas Esteves, aos 36, e Matheusinho, aos 42 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS – Matheuzinho (Vitória); Walisson Maia, Cláudio Tencati e Barreto (Criciúma).

ÁRBITRO – Bruno Mota Correia (RJ).

RENDA – R$ 402.656,00.

PÚBLICO – 16.615 torcedores.

LOCAL – Estádio Barradão, em Salvador (BA).

Estadao Conteudo

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape