ads-geral-topo

Explorando o Potencial do Terceiro Setor

O terceiro setor é para aqueles que desejam encontrar oportunidades de trabalhar com propósito e impacto social.

5 mins de leitura

em 11 de jun de 2024, às 09h35

O trabalho no terceiro setor envolve constantemente a busca por soluções colaborativas para problemas complexos, demandando uma pluralidade de perspectivas (Foto: Canva)

Por Marcel Carone

O terceiro setor tem se destacado cada vez mais como um campo de atuação atrativo para aqueles que desejam desenvolver uma carreira voltada para o impacto social. Diferente do primeiro setor, composto pelo governo e suas esferas públicas, e do segundo setor, formado pelo mercado privado e empresas com fins lucrativos, o terceiro setor é composto por organizações sem fins lucrativos que buscam atender demandas e necessidades da sociedade.

Segundo o mapa das organizações da sociedade civil realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), existem no Brasil 781,9 mil instituições pertencentes ao terceiro setor. Esse número expressivo demonstra a relevância desse segmento na busca por soluções para problemas sociais, ambientais e comunitários.

As organizações do terceiro setor apresentam características distintivas em relação aos demais setores. Elas devem ser formalmente constituídas, possuir uma estrutura básica não governamental e não ter fins lucrativos, com todo o capital arrecadado sendo reinvestido nas atividades da organização. Essa estrutura permite que elas atuem de maneira independente, porém elas podem estabelecer parcerias com o setor público e receber investimentos governamentais.

Apesar de serem frequentemente associadas às ONGs (Organizações Não Governamentais), o terceiro setor engloba uma variedade de outras instituições, como entidades filantrópicas, organizações da sociedade civil de interesse público, associações civis sem fins lucrativos, fundos comunitários, fundações mantidas com recursos privados, entidades beneficentes, entre outras. Essa diversidade permite que o setor atue em uma ampla gama de áreas, como educação, saúde, meio ambiente, direitos humanos, assistência social e muito mais.

O trabalho desenvolvido pelas organizações do terceiro setor possui um impacto fundamental na sociedade. Ao estabelecer parcerias com o governo, elas podem facilitar o acesso a serviços públicos em comunidades de difícil acesso. Além disso, as oportunidades de voluntariado promovidas pelo setor ajudam jovens profissionais a desenvolver habilidades socioemocionais essenciais para o mercado de trabalho.

Embora o terceiro setor seja um segmento em expansão, com diversas iniciativas sendo desenvolvidas, muitas vezes as informações sobre oportunidades não estão tão consolidadas ou disponíveis quanto em outros setores. Isso pode dificultar que profissionais interessados encontrem as chances certas para suas aspirações.

No entanto, existem algumas organizações e plataformas que se dedicam a divulgar oportunidades no terceiro setor, como o Na Prática, o Quintessa e o Gife. Além disso, as próprias instituições do setor costumam utilizar suas redes sociais e websites para compartilhar openings em suas equipes.

Para quem deseja construir uma carreira nesse segmento, é importante realizar uma pesquisa aprofundada sobre as diferentes áreas de atuação, identificar quais temáticas mais se alinham com seus interesses e habilidades, e então procurar organizações que atuem nesses campos específicos. Entrar em contato com profissionais envolvidos também pode ser uma ótima estratégia para compreender melhor o dia a dia e os desafios do setor.

Embora haja desafios inerentes ao terceiro setor, como a limitação de recursos disponíveis, ambientes de trabalho imprevisíveis e a dificuldade de mensurar resultados em iniciativas sociais, esses mesmos fatores também trazem aspectos positivos. O setor é bastante receptivo a inovações, possui grande potencial de impacto em larga escala e permite o desenvolvimento de habilidades essenciais, como resiliência e adaptabilidade.

Além disso, o terceiro setor tende a valorizar mais a diversidade em suas equipes, buscando profissionais de diferentes formações, origens e experiências. Isso se deve ao fato de que o trabalho nesse segmento envolve constantemente a busca por soluções colaborativas para problemas complexos, demandando uma pluralidade de perspectivas.

Portanto, para aqueles que desejam encontrar oportunidades de trabalhar com propósito e impacto social, o terceiro setor se apresenta como uma alternativa cada vez mais atraente. Ao aproveitar as diversas iniciativas em desenvolvimento e superar os desafios inerentes ao setor, é possível construir uma carreira significativa e contribuir para transformações positivas na sociedade.

Marcel Carone é jornalista, apresentador de tv, empresário, ativista social comprometido com a inclusão, Embaixador da Associação de Pais, Amigos e Pessoas com Síndrome de Down do Espírito Santo Vitória Down, Idealizador da “Brigada 21” e do “Pelotão 21”. É diplomado pela ADESG – Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra e Comendador do 38° Batalhão de Infantaria do Exército Brasileiro. 

As informações/opiniões aqui escritas são de cunho pessoal e não necessariamente refletem os posicionamentos do AQUINOTICIAS.COM

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape