ads-geral-topo

Rui Costa com a língua solta

Depois de irritar cidadãos de Brasília, ao chamar a capital de “ilha da fantasia”, o ministro Rui Costa (Casa Civil) agora comprou briga

3 mins de leitura

em 19 de mar de 2024, às 17h38

Foto: @izanio_charges
Foto: @izanio_charges

Por Leandro Mazzini

Com Walmor Parente, Carol Purificação, Isabele Mendes e Luiza Melo

Intervenção pós-Barroso

Após o ministro do Supremo Tribunal Federal, Luis Roberto Barroso, defender a legalização do aborto em palestra na Pontifícia Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), o Cardeal Dom Orani Tempesta reagiu e decidiu intervir na universidade. O conselho interventor é formado por três padres e um bispo. A alegação é de que a medida visa contribuir “no discernimento das decisões a serem tomadas dentro da governança própria da Universidade”. Na palestra há duas semanas, o ministro Barroso defendeu uma grande campanha nacional para a descriminalização do aborto para que o assunto polêmico seja analisado pelo STF “assim que possível”.

Língua solta

Depois de irritar cidadãos de Brasília, ao chamar a capital de “ilha da fantasia”, o ministro Rui Costa (Casa Civil) agora comprou briga com os servidores públicos. Pode ser alvo de denúncia (assédio institucional) por ter dito que o funcionalismo público tem “tendência à inércia” e que precisa de uma “fungada no cangote”. Paulo Guedes, ex-ministro da Economia, chamou os servidores de “parasitas”.

Tática de ataque 

Já era esperado que o presidente Lula da Silva dedicaria parte da abertura da reunião ministerial a ataques ao ex-presidente Jair Bolsonaro, chamando-o de “covardão”. O petista segue tática arriscada – traçada por conselheiros próximos – de ataque à gestão anterior para tentar recuperar a popularidade. A conferir.

Dobradinha

Caciques do União Brasil atuam para que a crise interna não interfira nos planos no Congresso. Querem dobradinha no comando das duas casas, em 2025, com Elmar Nascimento (BA), na Câmara, e Davi Alcolumbre (AP), no Senado. A crise não vai se estender até o segundo semestre, apostam lideranças. E o processo de expulsão do ex-presidente, Luciano Bivar, deve ser concluído nos próximos dias.

Freio no Título 

Vereadores da Câmara Municipal de São Luís querem barrar a concessão de Título de Cidadã Ludovicense à ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro. Rejeitaram o regime de urgência do pedido que agora terá que passar pelas comissões temáticas da Casa. O título foi recentemente concedido para o vice-presidente, Geraldo Alckmin.

Reduto Jucá

Apeado da política nacional, o ex-senador Romero Jucá (MDB) tenta manter protagonismo nas eleições municipais em Roraima. Articulou a ampliação da base do partido na Câmara Municipal de Boa Vista – com a filiação de quatro vereadores – e também filiou mais de 40 jovens. Outro filiado ao partido foi o superintendente do Dnit em Roraima, Igo Brasil. 

ESPLANADEIRA

# Vurdere lança, dia 21, ebook “Redefinindo Horizontes: A jornada transformadora no Varejo Online”. # Pearson: pesquisa aponta que 36% dos entrevistados acreditam que serão substituídos por IA nos próximos cinco anos. # GIC Brasil: relatório mostra que investimento em cuidados traz resultados sustentáveis para o varejo. # MAPFRE apoia projeto do Instituto Defesa Coletiva, voltado para mulheres acima de 60 anos. # Qista e Neo Vita: parceria permite uso do FGTS para congelamento de óvulos e fertilização in vitro. # Seguradora Prudential do Brasil fecha 2023 com faturamento recorde de R$ 5,4 bilhões.

As informações/opiniões aqui escritas são de cunho pessoal e não necessariamente refletem os posicionamentos do AQUINOTICIAS.COM

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape