ads-geral-topo
Turismo

Vitória inicia mais uma temporada do turismo de observação de baleias

A Ilha do Arvoredo é um dos pontos mais populares para a observação de baleias

Por Redação

3 mins de leitura

em 31 de maio de 2024, às 11h08

Baleia Jubarte na costa Capixaba. Foto: Bruna Rezende

Mais uma temporada de observação de baleias jubarte teve início, na cidade de Vitória, capital do Espírito Santo. A prática, que atrai e encanta cada vez mais turistas de vários estados brasileiros, pode ser feita por meio de passeios de barco, próximo à Ilha do Arvoredo, um dos pontos mais populares para a observação de baleias. Ou da costa, na Praia de Camburi, especialmente com o uso de binóculos. 

A abertura da nova temporada foi marcada por uma reunião que ocorreu no observatório da Prefeitura Vitória, com a presença de representantes e colaboradores do setor.

Entre os presentes, estavam Bruna Rangel, da ONG Amigos da Jubarte; Luzia Toledo, Diretora de Turismo da Companhia de Desenvolvimento, Turismo e Inovação e Vitória (CDTIV); Romão Pôncio Pereira, do Iate Clube de Vitória; Renan Moreira, Capitão Tenente da Capitania dos Portos; Alexandre Góes Batalha, Capitão de Embarcação; Pamela Maria Nogueira, representante das empresas Blue Trip e Natura Ecoturismo e André Daher.

Organizado pela CDTIV, o encontro teve como objetivo garantir uma temporada de observação de baleias segura e sustentável, em conformidade com as legislações vigentes. Durante a reunião, o Capitão Tenente Renan Moreira destacou as recentes alterações nas normas de segurança marítima. Ele ressaltou a importância do uso de boias e coletes salva-vidas. A Capitania dos Portos também se colocou à disposição para realizar vistorias em novas embarcações. Além disso, enfatizou que estas devem ser específicas para o transporte de passageiros em mar aberto, diferenciando-se das embarcações de esporte e recreio.

Passeios

Os operadores de passeios solicitaram uma fiscalização mais rigorosa das embarcações clandestinas que operam em Vitória, apontando a falta de segurança dessas embarcações. Incidentes com embarcações irregulares podem impactar negativamente todos os envolvidos na atividade de turismo de observação.

Luzia Toledo, diretora de turismo da CDTIV, ressaltou a importância da colaboração entre todos os envolvidos para o sucesso da temporada. “Esse alinhamento entre os diferentes atores é fundamental para garantirmos uma temporada segura e bem-sucedida. A união de esforços nos permite não apenas cumprir as normas de segurança, mas também proporcionar uma experiência enriquecedora para os turistas. Também preservando nossa riqueza natural de forma sustentável, finalizou.”

A temporada de observação de baleias e golfinhos de 2024 começará oficialmente no dia 4 de julho e se estenderá até outubro. As medidas adotadas visam garantir a segurança de todos os participantes e assegurar o cumprimento das normas. Promovendo, desta forma, uma experiência de observação marinha bem-sucedida e responsável. A iniciativa reafirma o compromisso da Prefeitura de Vitória em preservar e desfrutar da riqueza natural da região de forma consciente e sustentável.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape