ads-geral-topo

Polícia Civil prende foragido e apreende submetralhadora em Cachoeiro

A Polícia Civil de Cachoeiro de Itapemirim, por meio do Departamento Especializado em Investigações Criminais – DEIC, durante a denominada “Operação Salvo-Conduto”, localizou, na manhã desta sexta-feira (27), no Bairro Alto Eucalipto, mais um fugitivo de presídios capixabas. Nos últimos seis dias, já foram quatro presos. Investigadores do DEIC, quando estavam em diligências investigativas para […]

Por Redação

em 27 de jan de 2023, às 12h39

3 mins de leitura

A Polícia Civil de Cachoeiro de Itapemirim, por meio do Departamento Especializado em Investigações Criminais – DEIC, durante a denominada “Operação Salvo-Conduto”, localizou, na manhã desta sexta-feira (27), no Bairro Alto Eucalipto, mais um fugitivo de presídios capixabas. Nos últimos seis dias, já foram quatro presos.

Investigadores do DEIC, quando estavam em diligências investigativas para prender criminosos que vêm aterrorizando comerciantes cachoeirenses, nesta última investigação, referente a subtração de motocicletas, localizaram e prenderam um home de 29 anos, no início da manhã desta sexta-feira (27), no Bairro Alto Eucalipto, em Cachoeiro.

O capturado havia fugido do Complexo Penitenciário de Vila Velha desde julho de 2022, onde cumpria pena por tráfico de drogas e roubo a mão armada; Com ele, os investigadores encontraram uma submetralhadora, munição calibre 9 mm, uma balança de precisão utilizada para pesar entorpecentes para comércio, celulares e documentos que indicam movimentação de venda de drogas.

Quarta prisão

Segundo o Delegado Rafael Amaral, com a prisão desta sexta-feira já somam quatro os foragidos da justiça presos por investigadores da Polícia Civil cachoeirense, apenas nesta semana, sendo dois no município de Piúma (no último domingo), e outro nesta quinta (26), no bairro Paraíso, em Cachoeiro. Todos os presos tem envolvimento, além do tráfico de drogas, com assaltos, que é o objetivo fim do DEIC, pois tal Delegacia Especializada é a responsável pelas investigações de crimes contra o patrimônio.

“As prisões não cessarão, o objetivo final da “Operação” é a retirada de autores de crimes patrimoniais das ruas, o que redunda em redução de crimes de tal natureza, o que trará um pouco mais de paz à comunidade cachoeirense, notadamente aos nosso comerciantes”.

O preso será autuado em flagrante por posse ilegal de arma e fogo e, em seguida, remetido ao estabelecimento prisional de origem.

Operação Salvo-Conduto

Diante da revolução do setor comercial, na Europa, durante Idade Média iniciada no século XI foram implementadas algumas ações que visavam dar maior segurança aos “mercatores” (comerciantes), o que motivou os “Senhores” da época a criarem o “Salvo-Conduto”, que nada mais era do que conceder a “paz do mercado” ou “paz da feira”, coibindo crimes e transgressões das mais diversas; Tal política foi habilmente seguida pelos condes de Champanhe, que também se serviram do “salvo-conduto” e dos guardas das feiras para garantir o sucesso e o bom funcionamento das mesmas.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape