ads-geral-topo

Especial

Mulher de fases, histórias, determinação e sucesso

As mulheres têm capacidade para exercer diferentes funções simultaneamente e são exigentes quando falam sobre a busca de resultados perfeitos

Por Redação

em 29 de mar de 2023, às 10h06

6 mins de leitura

Foto: Arquivo pessoal

Por Alissandra Mendes

As mulheres têm capacidade para exercer diferentes funções simultaneamente e são exigentes quando falam sobre a busca de resultados perfeitos. Além de dar conta de várias tarefas, elas precisam estar atentas ao que acontece no dia a dia, saber ouvir e fazer com quem sejam ouvidas, liderar mercados predominantemente dominados por homens… Parece ser complicado, mas elas tiram de letra!

Versatilidade, profissionalismo, determinação e a constante busca pelo conhecimento são adjetivos dessas mulheres que buscam incansavelmente seu lugar de destaque e descrevem perfeitamente a personalidade da jornalista Kátia Quedevez, diretora da Conexão Safra. Foi através do seu trabalho que ela se tornou uma referência no agro capixaba e tem inspirado muita gente, principalmente as mulheres.

Natural do Rio de Janeiro, Kátia se formou em jornalismo em 1992. Lá se vão mais de 30 anos de profissão. Na comunicação, executou projetos comerciais e teve a carreira dedicada ao jornalismo, marketing e publicidade. Atuou como professora em universidades, em cursos de graduação e pós-graduação e, residindo no Espírito Santo há 16 anos, alavancou um dos seus principais projetos: a criação, em 2011, da então revista Safra ES, um canal de comunicação direto com produtores rurais.

Com 11 anos de existência, a Safra ES cresceu, se transformou na Conexão Safra, ganhou um portal de notícias, o conexaosafra.com, Anuário do Agronegócio e a Safrinha, que conta histórias reais de produtores rurais e seus cultivos, através de desenhos em quadrinhos. Hoje, aos 52 anos, Kátia se orgulha da história que construiu e dos produtos que lançou no mercado, “até então pouco explorados e com grande potencial”, diz. Na Conexão Safra, ela reitera, “aqui, o produtor rural é sempre o protagonista da história”.

“Cada um desses projetos tem alcances distintos, mas, seja qual for o meio, estamos sempre conectados aos produtores rurais e suas famílias. Para nós, a produção do agro não é apenas um número ou um dado estatístico, são pessoas com suas histórias incríveis e vários processos. Os produtores são sempre o mote das nossas reportagens. A ideia da Safra sempre foi essa, independente das plataformas: impressa, digital, literatura ou até exposições fotográficas”, explica a jornalista.

Trabalho que envolve muitas parcerias

Kátia faz questão de ressaltar que os produtos lançados no mercado são frutos de planejamento e de grandes parcerias. “O Anuário do Agronegócio, por exemplo, é uma referência no segmento. Uma publicação robusta, com dados estatísticos, opiniões de especialistas, tendências e casos de produtores. É um trabalho que envolve muita gente e várias parcerias. Além dos produtores rurais, contamos com parceiros comerciais públicos e privados. Estado, prefeituras, instituições, cooperativas, associações, universidades e centros de pesquisa, empresas juniores e importantes empresas do setor”, esclarece.

“Buscamos dar passos sólidos e consolidados. Temos os pés no chão e preparados para dar um passo à frente, para um futuro próximo. Acho que a gente aprendeu isso com os produtores (risos). Tenho a sorte de trabalhar com uma equipe maravilhosa e super parceira; profissionais que admiro muito, como os jornalistas Fernanda Zandonadi, Rosi Ronquetti e Leandro Fidelis; o publicitário Luan Ola; o ilustrador Zé Ricardo; o estatístico e mestre Danieltom Vandermas. São pessoas que se tornaram parceiros de trabalho e de vida e sem as quais talvez não tivesse chegado tão longe. Eles vieram para somar e ajudar a Conexão Safra a cumprir seu papel de conectar as pessoas e dar voz ao produtor rural”, pontua Kátia.

Quando questionada sobre ser a referência da comunicação do agro no Espírito Santo, Kátia Quedevez desconversa e diz que procura fazer o que tem que ser feito, bem feito e, de preferência, rápido. “Não me considero uma referência. Faço parte desse universo incrível do agronegócio e dou minha contribuição. Procuro fazer um trabalho sério e comprometido. Quero que as pessoas enxerguem a alma do produtor. Como ele faz para, no meio de tanta adversidade, superar e criar soluções extraordinárias para produzir alimentos. Não existe magia ou receita de sucesso infalível no campo. Existe muita luta. Que vem do conhecimento e da persistência. A sociedade precisa conhecer ou se lembrar sempre disso, afinal, cerca de 1/3 do PIB do Espírito Santo vem do agro e esse trabalho é fundamental para a vida de todos nós. Essas pessoas têm que ter lugar de destaque na sociedade.”

Se incomode e não fique na sua área de conforto

Kátia também é pós-graduada em Inovação Tecnológica, mestre em Administração e garante que está sempre incomodada para evitar a zona de conforto.

“Meu trabalho e dedicação ao agro vem de muita observação, estudo e disciplina. Precisamos estar atentos aos nossos leitores e parceiros e procurar fazer algo diferente. Temos que nos incomodar o tempo todo para promover mudanças positivas. Sou muito inquieta e estou sempre aprontando, e carrego um bando de doidos comigo. Que têm propósitos muito semelhantes aos meus.  A Safra sempre foi isso: fé, propósitos, metas e objetivos. Sempre coloco Deus à frente de cada projeto. Daí tudo acontece”, pontua.

Kátia inspira e encoraja outras mulheres. “Nós podemos tudo! Essa é a mais pura verdade. Então, se inquiete e não se acomode. Vamos fazer sempre o nosso melhor. Sempre procuro fazer cada trabalho como se fosse o último e estou muito feliz com esse momento. É uma história de sucesso construída a muitas mãos e me deixa feliz todo esse reconhecimento.” E, para variar, a Conexão Safra trará mais novidades. “Estamos voando com os acessos do site. Investimos em tecnologia e em uma equipe de inteligência, e os resultados vêm muito rápido.  Queremos melhorar ainda mais essa comunicação com o produtor e reforçar o motivo de estarmos ocupando esse lugar de destaque. O sucesso, para mim, é um pouco de talento, sim, mas, principalmente, disciplina, persistência e a parceria de uma equipe top de profissionais”, finaliza.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape