ads-geral-topo
Política

Câmara de Cachoeiro agora conta com intérpretes de Libras

A partir desta terça-feira (18) todas as sessões, audiências públicas e demais eventos terão a presença desses profissionais

Por Redação

2 mins de leitura

em 18 de abr de 2023, às 16h32

Foto: Reprodução | Câmara de Cachoeiro

A sessão ordinária desta terça-feira (18) é um marco histórico para a Câmara Municipal de Cachoeiro de Itapemirim. A partir desta data, todas as sessões, audiências públicas e demais eventos contarão com intérpretes de Libras.

Os profissionais foram incluídos na estrutura administrativa da Casa e as duas intérpretes contratadas atuarão não somente no plenário, mas durante todo o expediente da Câmara, possibilitando à população surda buscar informação e suporte do Poder Legislativo no dia a dia.

“É uma reivindicação antiga da Associação de Surdos e outros movimentos, como o Mova-se, e agradeço a todos os vereadores pelo apoio e pela aprovação da inclusão destes cargos na nossa estrutura. Este dia de hoje vai ficar marcado na história de Cachoeiro: somos o primeiro órgão público do município a contar com intérprete, além das escolas”, comemorou vereador e presidente do Poder Legislativo municipal, Brás Zagotto (Podemos).

Patricia Barbosa Brithes, presidente da Associação de Surdos de Cachoeiro (ASSURCI), agradeceu em nome da entidade.

“Estou muito feliz porque já faz um tempo que a gente vem pedindo por esta acessibilidade, para ter um intérprete e a gente estar ciente do que acontece na nossa cidade. A ASSURCI lutou e hoje conseguiu. Agradecemos porque os vereadores sempre nos ajudam. Em 2018 o vereador Alexandre (de Itaoca) começou essa parceria da Câmara com a ASSURCI e hoje é um dia muito especial pra gente. Muito obrigada!” registrou.

Alexandre de Itaoca (PSB), parabenizou à Mesa Diretora da Casa pela conquista e lembrou que “foi promessa de campanha do prefeito, desde o primeiro mandato, disponibilizar uma sede própria para a ASSURCI. Inclusive, aprovamos à época a utilidade pública da associação a pedido do governo”.

Brás complementou pedindo que a prefeitura atenda a esta promessa e que tome a Câmara como exemplo, incluindo intérpretes também em outros órgãos. “É garantir ao surdo o direito de se fazer entender e ser claramente orientado ao buscar atendimento nas unidades de saúde, secretarias e outros locais em que precisar de serviços públicos”.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape