ads-geral-topo
Cidades

Em Cachoeiro, projeto Soma. debate importância da tecnologia na gestão pública

O palestrante foi André Gomyde, mestre em Business Administration, pela FCU (EUA), com especialização em Gestão de Projetos Completos.

Por Redação

3 mins de leitura

em 14 de abr de 2023, às 07h20

Foto: Patricia Pim/PMCI

Na noite da última quarta-feira (12), foi realizado o terceiro encontro do Projeto Soma., iniciativa da Prefeitura de Cachoeiro voltada para a formação e o fortalecimento de lideranças comunitárias.

Realizado no Centro Universitário São Camilo, instituição parceira da ação, o encontro teve como tema “A contribuição das comunidades para uma cidade cada vez mais inteligente”.

Na ocasião, os mais de 60 inscritos presentes assistiram a uma palestra organizada pela Coordenadoria Executiva de Tecnologia de Informação (CTI) da Prefeitura de Cachoeiro.

O palestrante foi André Gomyde, mestre em Business Administration, pela FCU (EUA), com especialização em Gestão de Projetos Completos, cientista e presidente do Instituto Brasileiro de Cidades Humanas, Inteligentes, Criativas e Sustentáveis.

Os participantes foram apresentados aos principais conceitos de cidade inteligente e sobre como as novas tecnologias podem aproximar o cidadão dos serviços públicos, por meio de ferramentas como o aplicativo Ponto Cachoeiro e o programa Conecta Cachoeiro.

Além disso, também foi debatido o papel das lideranças comunitárias na construção de uma cidade mais inteligente, no que diz respeito ao reconhecimento das particularidades de cada comunidades, para facilitar a integração entre os moradores e o poder público.

“O conceito de cidade inteligente é capaz de gerar muitas melhoras para nossa cidade, pois as novas tecnologias tornam a gestão pública mais eficiente e melhoram o contato com a população, como é o caso do aplicativo Todos Juntos”, afirmou Camargo Paulino, representando o bairro Alto União.

“Gostaria de parabenizar a Prefeitura de Cachoeiro, por estar sempre buscando tecnologia e inovação para nossa cidade, que merece toda essa atenção para seu crescimento”, destaca o participante Devanilson Lopes.

“A cada ano, desenvolvemos novas ferramentas que são capazes de tornar os serviços públicos em Cachoeiro mais eficientes. É muito importante que os cidadãos conheçam esses mecanismos, que os aproximam da gestão municipal, no momento de solicitar uma demanda”, destaca Élcio Sá Neto, coordenador executivo de Tecnologia da Informação de Cachoeiro.

Sobre o projeto

A iniciativa prevê a realização de encontros formativos mensais, com o objetivo de orientar os representantes das comunidades sobre a importância da comunicação com a Prefeitura.

Ao longo dos encontros, os líderes e representantes de comunidades irão realizar, de forma orientada, diagnósticos referentes às particularidades de suas regiões. Com disso, vão mapear as principais demandas e destacar as representações culturais, como festas e eventos tradicionais. Esses poderão ser apoiados pela Prefeitura, via editais de chamamento público, bem como pela iniciativa privada.

As atividades contam com os seguintes apoiadores: Centro Universitário São Camilo, Sicredi, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Federação das Associações de Moradores de Cachoeiro de Itapemirim (Fammopoci).

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape