ads-geral-topo
Turismo

Venda Nova: Câmara aprova criação da Rota do Socol

De origem italiana, o socol é uma iguaria exclusiva de Venda Nova do Imigrante.

Por Redação

em 14 de jun de 2023, às 17h09

4 mins de leitura

Foto: Lucas knupp | SETUR - ES

“Nós não vendemos um produto. Nós vendemos histórias! Parabéns a esta Câmara por enxergar as potencialidades do socol”. Com essas palavras, o presidente da Associação dos Produtores de Socol de Venda Nova do Imigrante (Assocol), Leandro Carnielli, agradeceu aos vereadores de Venda Nova do Imigrante pela aprovação, na última terça-feira (13), do Projeto de Lei Substitutivo 43/2023, de autoria dos vereadores Erivelto Uliana, Marco Torres, Marcio Lopes e Aldi Caliman que criou a Rota do Socol. 

“O socol é mais um excelente nome que representa Venda Nova. Nós tínhamos a polenta, a serenata, um coral maravilhoso e cheio de histórias. E hoje o município tem um registro internacional que é só nosso. E uma rota internacional, só nossa, só de Venda Nova. É um presente que o futuro de Venda Nova ganha.

Dá para imaginar o quanto isso vale para esta comunidade?”, disse Leandro Carnielli.

O presidente da Câmara, Erivelto Uliana, salientou a importância da criação da Rota do Socol para o desenvolvimento do município. “Parabenizo a comunidade de Alto Bananeiras, pois foi por meio de um pedido dos moradores que foi dado o primeiro passo para a rota, e o vereador Márcio Lopez, que fez o projeto de lei. Foram várias reuniões para chegarmos à proposta final, feita a muitas mãos. Agora, nosso objetivo é levar a proposta para a Assembleia Legislativa para tornar a Rota do Socol uma rota estadual. Isso vai facilitar a liberação de verbas do Estado para melhorar o circuito, com pavimentação, por exemplo”, salientou Uliana.

A vereadora Aldi Caliman parabenizou o trabalho da Assocol e salientou a importância de se manter viva a chama da memória em uma cidade. “Todos os povos precisam preservar sua história. Parabéns pela Rota do Socol”, avaliou.

“Quero que nosso município seja ainda mais conhecido por meio das rotas. Precisamos valorizar o agroturismo na nossa região cada vez mais”, ressaltou o vereador Amilton Pacheco.

O vereador Luiz Ricardo Pimenta Bozzi “Quando dimensionamos o potencial do socol, vemos todo potencial de nossa região. Vejo um futuro muito próspero, pois acompanho o crescimento da Festa do Socol. É um reconhecimento que surgiu de muita luta e dedicação”, disse.

“Parabenizo a Assocol, tenho certeza que a Rota do Socol vai fortalecer nosso município. Juntos conseguimos fazer ainda mais”, disse o vereador Márcio Lopes.

O vereador Marco Torres parabenizou a Assocol e a todos que contribuíram para a criação da rota. “No futuro vamos entender a grandiosidade e a importância da criação da Rota do Socol”, disse.

“Parabenizo a todos. Desejo que tenhamos outros tipos de conquistas para que se desenvolva cada vez mais. É muito gratificante”, enfatizou a vereadora Sidineia Dias.

O vereador Walace Rodrigues de Souza parabenizou a Assocol e seus associados. “Parabenizo os autores do projeto, os empreendedores que participam e a todos os munícipes. É uma demanda antiga e hoje ela está sendo vitoriosa”, concluiu.

A Rota do Socol

De origem italiana, o socol é uma iguaria exclusiva de Venda Nova do Imigrante. É mais ou menos como o champagne, que só pode levar essa denominação se for produzido na região de Champagne, na França. Socol, portanto, só de Venda Nova. Se essa delícia nasceu da necessidade de armazenamento das carnes em uma época em que geladeiras e freezers eram sonhos distantes, hoje é um patrimônio do município, que gera renda, alimenta o turismo e transforma vidas. Dois selos ajudaram a tornar o socol único, com nome e sobrenome: o de Indicação Geográfica (IG) e o Selo Arte. 

A Rota do Socol contempla pontos dentro do território da Indicação Geográfica em Venda Nova, nos bairros Alto Bananeiras, Vila da Mata, Vila Betânea e Providência, Tapera. Os empreendimentos – Angelim Socol, Caprinova, Dona Martha Delícias, Família Brioschi, Fazenda Carnielli, Sítio Lorenção e Tio Vé Socol – fazem parte da Associação dos Produtores de Socol de Venda Nova do Imigrante (Assocol), que conta com 21 associados.

Para chegar ao desenho da rota, os vereadores promoveram reuniões com a Assocol, que foi uma das fomentadoras da IG. Com isso, eles puderam colocar no projeto os locais indicados e aqueles que fazem parte da área contemplada pela Indicação Geográfica (IG).

A solicitação da Indicação Geográfica foi feita em 2014, aprovada em junho de 2018 e publicada no mesmo mês e ano na Revista da Propriedade Industrial (RPI), produzida pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi).

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape