ads-geral-topo
Sustentabilidade e Meio Ambiente

Indústria pretende zerar emissão de carbono no ES

Informação é da presidente da Findes, Cris Samorini, que falou sobre papel do setor produtivo para o desenvolvimento sustentável

Por Redação

em 26 de out de 2023, às 12h16

3 mins de leitura

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

“Temos uma preocupação com o meio ambiente como um todo; assumimos o compromisso de zerar as emissões de carbono no estado nos próximos anos”. A fala da presidente da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), Cris Samorini, vai ao encontro do ODS 9: Indústria, inovação e infraestrutura: construir infraestrutura resiliente, promover industrialização inclusiva e sustentável, e fomentar a inovação.

O assunto foi tema de mais uma rodada de palestras dentro do projeto Conexões Sustentáveis –  Agenda 2030 em Debate – promovido pela Escola do Legislativo. Em explanação feita na tarde desta quarta-feira (25), Samorini falou sobre a contribuição do setor industrial capixaba na implementação dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pelas Nações Unidas para serem cumpridos até o final da década.

Entre as ações da Findes neste contexto, a palestrante destacou a construção da Agenda ESG, lançada em 4 de setembro, utilizada para orientar investimentos e financiamentos sustentáveis no estado.

O seminário realizado no auditório da instituição reuniu representantes dos setores produtivo, governamental e terceiro setor para debater a incorporação de práticas de sustentabilidade ambiental, inclusão social e governança nas organizações.

Adesão à Agenda 2030 

Cris Samorini assegurou que corporações de grande porte no estado já orientam suas atividades com base na Agenda 2030, sendo que muitas empresas com atuação de impacto global têm buscado atuar em conformidade com os ODS. 

Segundo disse, entre as iniciativas consta o programa Descarboniza, que vai conscientizar e estimular o setor industrial local a reduzir drasticamente a emissão de carbono. 

A presidente da Findes acrescentou que a entidade realiza também parcerias com prefeituras capixabas no sentido de repassar conhecimentos relacionados à sustentabilidade industrial aliada à inclusão na área social. 

Para isso conta com apoio de especialistas que atuam nas câmaras e conselhos da Federação nas áreas de infraestrutura e meio ambiente, num esforço transversal visando incluir outras temáticas. 

O diretor da Escola do Legislativo, Sergio Majeski, considerou importante a palestra proferida por Cris Samorini, citando que ela é uma empresária profundamente conhecedora das demandas e desafios do setor industrial no Espírito Santo e no país. Samorini toma posse no dia 31 de outubro como diretora financeira da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Palestras

O circuito de palestras segue na próxima quarta-feira, 1º de novembro, sobre o ODS 10 – Redução das desigualdades: reduzir as desigualdades dentro dos países e entre eles. A palestrante é a secretária de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social, Cyntia Grillo. Confira aqui a programação completa e acesse os formulários para inscrições.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape