ads-geral-topo

Operação Usura

Suspeito de agiotagem e extorsão é preso com arma e distintivo da PC no ES

Na residência do indivíduo, foram apreendidas duas armas de fogo, 198 munições de diversos calibres, além de um distintivo da PCES e da ABIN

Por Redação

em 06 de dez de 2023, às 08h12

2 mins de leitura

Foto: Divulgação

Um homem de 41 anos foi preso nesta terça-feira (05) pela Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), suspeito de praticar os crimes de agiotagem, extorsão, ameaça na cobrança de dívida e porte ilegal de arma de fogo. A prisão é resultado da Operação Usura, realizada por meio do 12º Distrito de Polícia (DP) da Serra, cujo objetivo foi apreender materiais e objetos usados para praticar crimes de agiotagem e extorsão.

A operação contou também com o apoio de policiais do 10º Distrito Policial, 13º Distrito Policial e da Delegacia Regional da Serra. A equipe policial tinha dois mandados de busca e apreensão para endereços localizados no município da Serra, um direcionado para o bairro Colina de Laranjeiras e outro para o bairro Eldorado. O terceiro mandado de busca e apreensão tinha como alvo uma residência no bairro Enseada do Suá, em Vitória.

Leia também: Viação Nova Itapemirim lança novas rotas interestaduais, confira!

Leia também: Caravana de Natal da Coca-Cola chega nesta segunda (04) ao ES; confira o roteiro

Por meio de diligências, a equipe policial conseguiu localizar o suspeito na residência dele, no bairro Colina de Laranjeiras, na Serra. No imóvel, foram apreendidas duas armas de fogo, sendo uma de calibre 9 milímetros e outra de calibre 380, além de 175 munições de ambos os calibres e 23 munições de calibre, totalizando 198 munições.

Também foram apreendidos 12 documentos que podem ter relação com o crime de agiotagem e extorsão, e um distintivo da PCES, além de outro da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN). Como o investigado não estava utilizando os distintivos no momento da abordagem, não se caracteriza contravenção penal.

Por meio das investigações, foi verificado que o indivíduo tem a concessão de Colecionador, Atirador Desportivo e Caçador (CAC), tendo autorização de comprar e ter em posse dele munições das armas de fogo registradas em nome do suspeito.

Como não tem registro de armas de calibre 12, mas foram encontradas munições do referido calibre na residência do indivíduo, ele foi conduzido e autuado em flagrante pelo crime de posse irregular de munições. O suspeito foi liberado para responder em liberdade, após o recolhimento da fiança arbitrada pela autoridade policial.

As armas foram apreendidas e encaminhadas para análise da perícia, pois podem ter sido usadas na prática de crimes.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape