ads-geral-topo
Saúde e Bem-estar

Proteja seus ouvidos: a importância de cuidar da audição no Carnaval

De acordo com o otorrinolaringologista, o principal dano seria perda auditiva decorrente da exposição aos sons altos

Por Redação

em 07 de fev de 2024, às 17h41

2 mins de leitura

Foto: Pexels

Com o Carnaval se aproximando, é crucial conscientizar sobre os cuidados necessários com a audição durante as festividades. O aumento do volume de música, trios elétricos e a aglomeração de pessoas podem causar danos auditivos sérios e irreversíveis.

Segundo o otorrinolaringologista da Unimed Sul Capixaba, Roberto Novaes, o uso de protetores auriculares e a moderação na exposição ao som alto são medidas essenciais para preservar a saúde auditiva durante o período festivo.

Cuidar da audição é essencial, e os principais danos que podem acontecer a audição, são causados pela exposição a ruídos de alta intensidade durante o Carnaval, são os mesmos que acontecem com o chamado trauma acústico do trabalhador que trabalha em ambiente muito ruidoso. “Isto é, acima de 80 e 100 decibéis por dia de intensidade sonora”, explica o médico.

“No Carnaval não é diferente, às vezes você fica muito próximo aos trios elétricos, sons muito altos e graves, em que a onda sonora é muito pesada. Se persistir por muito tempo pode ter uma sequela. Os principais sintomas são os zumbidos, que ficam alguns dias, e até um trauma acústico, conforme a exposição da pessoa durante esse período e durante Carnaval”, constata Novaes.

De acordo com o otorrinolaringologista o principal dano seria uma perda auditiva decorrente da exposição aos sons altos, quando exposto por um período mais longo, caracterizado pela perda auditiva nos sons agudos com concomitante aparecimento de zumbidos persistentes e consequentes distúrbios psicológicos.

Para finalizar, o médico ressalta que pessoas com maior sensibilidade aos sons, e principalmente pessoas com distúrbios psicossomáticos, são mais vulneráveis a este tipo de exposição sonora. “A principal medida protetiva seria não ficar muito próximo as caixas de sons e com isso não pegar toda aquela onda sonora de alta intensidade de frente na orelha”, completa.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape