ads-geral-topo
Cidades

ūü•Ķ De novo? Onda de calor aumentar√° a temperatura no ES

O sistema favorece a manutenção do ar seco e quente, que provoca altas temperaturas

Por Redação

3 mins de leitura

em 22 de abr de 2024, às 17h42

Foto: Divulgação

O Brasil se prepara para enfrentar uma nova onda de calor, que está prevista para fechar o mês de abril. Esta será a quarta onda de calor desde o início de 2024, e segundo a Climatempo, sua origem está associada a uma área de alta pressão na média atmosfera, que atuará como um bloqueio atmosférico. O sistema favorece a manutenção do ar seco e quente, que provoca altas temperaturas.

De acordo com a Climatempo, nos próximos dias, uma área de alta pressão na média ganhará força sobre áreas do Mato Grosso do Sul e Paraná, e lentamente migrará para o leste do Sudeste do país, entre o fim de abril e início de maio.

Leia também: Saque calamidade para moradores de Apiacá e Mimoso; veja as datas

Como este sistema ficará praticamente estacionado sobre áreas do Centro-Sul brasileiro por uma sequência de dias, ele atuará como um bloqueio, dificultando a chegada de frentes frias para o Centro-Oeste e Sudeste, resultando na manutenção do ar seco e intensificação do ar quente.

Onda de calor atingirá grande parte do país

Uma das caracter√≠sticas desse sistema √© intensificar o ar de cima para baixo, inibindo a forma√ß√£o de nuvens e favorecendo a intensifica√ß√£o do calor. Isso contribu√≠ para elevar as temperaturas dia ap√≥s dia, mesmo estando no outono, √©poca em que as temperaturas costumam cair. A falta de uma massa de ar frio forte o suficiente para provocar uma mudan√ßa significativa nas condi√ß√Ķes tempo mant√©m o dom√≠nio do ar quente sobre grande parte do pa√≠s.

Capitais, como:¬†Campo Grande,¬†Cuiab√°,¬†Goi√Ęnia,¬†S√£o Paulo¬†e¬†Belo Horizonte¬†refletem essa redu√ß√£o nas m√©dias climatol√≥gicas durante o m√™s de abril. Nessas regi√Ķes, √© comum observar uma diminui√ß√£o nas temperaturas m√©dias em compara√ß√£o com os meses anteriores, devido √† combina√ß√£o de menor radia√ß√£o solar e dias mais curtos.

Esses valores representam uma redu√ß√£o em rela√ß√£o √†s m√©dias registradas em meses anteriores, refletindo as condi√ß√Ķes clim√°ticas mais amenas t√≠picas desta √©poca do ano. No entanto, mesmo com essa diminui√ß√£o nas m√©dias, a ocorr√™ncia de ondas de calor, como a prevista para o final de abril de 2024, pode desafiar essa tend√™ncia.

Todo este calor deverá persistir em boa parte do Centro-Sul do Brasil pelo menos até o dia 2 de maio. No entanto, os modelos meteorológicos indicam uma possível manutenção desse padrão além deste período, podendo perdurar ao longo da primeira semana de maio, o que será monitorado nos próximos dias para avaliar seu impacto e duração.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape