ads-geral-topo
Segurança

Trio de São Paulo suspeito de aplicar golpes é preso em Piúma

Segundo a Polícia Civil, os suspeitos, sendo duas mulheres e um homem atraíram as vítima com um falso clube de vantagens, cobrando R$ 1.438,80 pelo serviço

Por Redação

2 mins de leitura

em 29 de maio de 2024, às 15h10

Foto: Divulgação/PCES

Três suspeitos, duas mulheres de 36 e 38 anos e um homem, de 37 anos, foram presos suspeitos de aplicarem golpes em pessoas no município de Piúma, litoral Sul do Espírito Santo. Segundo a Polícia Civil, o trio é da cidade de São Paulo e foram presos na última terça-feira (28).

De acordo com a PC, a vítima, uma mulher de 59 anos, afirmou aos policiais que tinha sido abordada pelos três suspeitos nas proximidades de um supermercado, onde ofereceram um cadastro gratuito em um clube de vantagens, por meio do qual a vítima teria descontos na área da saúde, supermercados e outros estabelecimentos.

No entanto, para ter acesso o falso clube de vantagens, os suspeitos disseram que a vítima precisava passar o cartão de crédito em uma maquininha dos suspeitos, com a promessa de que não havia qualquer cobrança, sendo necessário passar o cartão apenas para concluir o cadastro. Entretanto, a vítima constatou que houve uma cobrança de R$ 1.438,80 e que o cadastro era falso. Em seguida, ela acionou a Polícia Militar.

No atendimento, os policiais militares foram abordados por uma outra vítima, de 54 anos, que relatou ter sido abordada da mesma forma e pelos mesmos suspeitos. Disse que, ao passar o cartão de crédito, teve o mesmo valor debitado.

Os policiais militares realizaram buscas e encontraram o trio perto de uma escola. Eles alegaram que estavam na cidade desde a última sexta-feira (24) e que vendiam cursos e descontos em exames médicos e odontológicos. O trio foi levado para a Delegacia, onde a Polícia Civil deu continuidade às diligências.

O levantamento indicou que os suspeitos são especialistas neste tipo de golpe, viajando de cidade em cidade para cometer o crime. O discurso é sempre o mesmo e os criminosos fogem antes de serem identificados. Ainda de acordo com os levantamentos, eles lesaram moradores de diversos municípios do sul capixaba e no Estado de São Paulo.

Leia também: Mulher é encontrada morta dentro de casa em Marataízes

O trio foi autuado em flagrante pelo crime de estelionato e encaminhado ao sistema prisional. O delegado também representou pela prisão preventiva dos autuados. A Polícia Civil orienta que vítimas deste tipo de golpe registrem o Boletim de Ocorrência, podendo se dirigir a qualquer delegacia, para que os fatos sejam apurados.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape