ads-geral-topo
Cidades

Veja como está Rhuan, o ‘milagre’ da telemedicina em Cachoeiro

O pequeno Rhuan, hoje com 10 meses, foi salvo com a ajuda da telemedicina, graças a um projeto do hospital em parceria o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP)

Por Redação

1 min de leitura

em 27 de maio de 2024, às 12h11

Foto: Reprodução

Um caso raro da medicina se transformou no ‘milagre’ do Hospital Materno-Infantil de Cachoeiro de Itapemirim (HIFA).

O pequeno Rhuan, hoje com 10 meses, foi salvo com a ajuda da telemedicina, graças a um projeto do hospital em parceria o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

Leia também: Mantido 42 dias na barriga da mãe com morte encefálica, bebê recebe alta

Sua mãe, Alana, faleceu com 29 anos de idade, antes mesmo de Rhuan nascer. A família optou por manter a gestação até o bebê ser retirado do útero. Foram 42 dias até o parto.

Rhuan é cuidado pelas avós. Atualmente, mora com a avó paterna, Aline Vicente Maria da Silva. Mas recebe diariamente as visitas e o carinho da avó materna, dona Adailda dos Santos.

Confira essa história!

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape