ads-geral-topo
Esportes

Flamengo derrota o Cruzeiro e mantém a liderança do Brasileirão

A partida começou equilibrada, mas, aos poucos, o Flamengo, que dispunha de atletas com melhor qualidade técnica, passou a se soltar

Por Estadão

4 mins de leitura

em 01 de jul de 2024, às 07h45

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

O Flamengo não teve vida fácil contra o Cruzeiro, neste domingo, mas conseguiu derrotar a equipe mineira por 2 a 1, no Maracanã, e alcançou os 27 pontos na tabela do Campeonato Brasileiro. Pedro e Fabrício Bruno anotaram os gols que mantiveram o time rubro-negro na ponta da competição. Matheus Pereira fez o dos mineiros, que somam 20 pontos e figuram no sétimo posto da classificação.

A partida começou equilibrada, mas, aos poucos, o Flamengo, que dispunha de atletas com melhor qualidade técnica, passou a se soltar. A equipe da casa fazia uma transição rápida e tentava penetrar na área celeste sobretudo pelo meio, pelos pés de Lorran, mas sem transformar a superioridade em chances de perigo.

Leia também: Conheça Savinho, o capixaba que se destacou na seleção brasileira

A primeira oportunidade de gol surgiu aos 12 minutos. Lorran conduziu a bola pelo meio e tocou para Pedro, que deixou Luiz Araújo, na direita, em frente ao gol, mas o camisa 7 mandou por cima.

Aos 16, Fabrício Bruno aproveitou bobeada de Matheus Pereira e roubou-lhe a bola no meio-campo, acionando Gerson. O camisa 8 avançou pelo meio e, na entrada da área, tocou para Pedro, que partiu em velocidade pelo lado direito e bateu cruzado no canto direito de Anderson para inaugurar o placar.

O Cruzeiro dependia da individualidade de Matheus Pereira que, bem marcado, pouco produzia em campo. Até que, aos 37 minutos, o próprio camisa 10 aproveitou uma sobra de bola, após disputa de William com a defesa rubro-negra na entrada da área, para tocar no canto direito de Rossi, sem chance para o goleiro: 1 a 1.

A partir daí, os visitantes tomaram o controle da partida e ficaram próximos de virar o marcador. Aos 44 minutos, Gabriel Veron recebeu lançamento de Ramiro na direita da área e finalizou para fora. Nos acréscimos, Lucas Romero arriscou o chute de fora da área e obrigou Rossi a realizar sua primeira grande defesa na partida, espalmando por cima do travessão pela linha de fundo.

Com a necessidade de vencer para tentar assegurar a liderança por mais uma rodada, o Flamengo voltou mais veloz e objetivo no segundo tempo. Logo no primeiro minuto, Matheus Pereira falhou ao tentar afastar a bola da área cruzeirense e Gerson tocou na saída de Anderson, que conseguiu evitar o gol. Aos 6, Bruno Henrique bateu de fora da área, à esquerda de Anderson.

O Cruzeiro respondeu com Matheus Pereira e Lucas Silva, mas ambos isolaram suas finalizações. O Flamengo, por sua vez, mostrou maior eficiência no ataque. Aos 19 minutos, próximo à linha esquerda da área, Luiz Araújo cobrou falta, Fabrício Bruno se antecipou à marcação de Veron e cabeceou forte, no ângulo direito de Anderson, para dar a vantagem novamente ao time rubro-negro.

Atrás no placar, o clube mineiro se postou à frente, mas, sem encontrar espaços, finalizava de longe, sem perigo.

Aos 39 minutos, após disputa pelo alto entre Robert e Ayrton Lucas, o árbitro marcou pênalti para o Flamengo, bastante contestado pelos cruzeirenses, mas que acabou anulado após revisão do VAR. O Cruzeiro ainda ameaçou nos acréscimos, principalmente em cobrança de falta de Arthur Gomes, mas os anfitriões seguraram a pressão.

Na próxima rodada, o Flamengo visita o Atlético-MG, às 21h30 de quarta-feira, em Belo Horizonte (MG). No mesmo dia, às 20h, o Cruzeiro enfrenta o Criciúma, também fora de casa.

FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO 2 x 1 CRUZEIRO

FLAMENGO – Rossi; Wesley, Fabrício Bruno, David Luiz e Ayrton Lucas; Allan, Gerson e Lorran (Léo Ortiz); Luiz Araújo, Pedro e Bruno Henrique (Werton). Técnico: Tite.

CRUZEIRO – Anderson; William, Neris (Villalba), João Marcelo e Kaiki; Lucas Romero (Robert), Ramiro (Machado), Lucas Silva (Vitinho) e Matheus Pereira; Gabriel Veron (Mateus Vital) e Arthur Gomes. Técnico: Fernando Seabra.

GOLS – Pedro, aos 16, e Matheus Pereira, aos 37 minutos do primeiro tempo. Fabrício Bruno, aos 19 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Luiz Araújo (Flamengo); Kaiki, João Marcelo e William (Cruzeiro).

ÁRBITRO – Bráulio da Silva Machado (SC).

RENDA – Não disponível.

PÚBLICO – 56.263 presentes.

LOCAL – Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Estadao Conteudo

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape