ads-geral-topo
Economia

Nova funcionalidade para o Pix deve chegar a público no início de 2025

Segundo Attie, a norma publicada nesta quinta pelo BC cria os fundamentos para uma "reconstrução normativa"

Por Estadão

2 mins de leitura

em 04 de jul de 2024, às 15h51

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A chefe de subunidade do departamento de regulação do sistema financeiro do Banco Central, Janaína Attie, disse nesta quinta-feira (4), que as mudanças nos pagamentos pelo Pix – que incluem o Pix por aproximação – devem chegar ao público geral em fevereiro de 2025. O BC informou nesta quinta (4), que haverá mudanças no Open Finance para viabilizar essa modalidade.

Leia também: Negócios: construtora mineira aponta interesse em empresas do ES

“Em novembro desse ano, as instituições têm de estar aptas para realizar testes de introdução para que a oferta, de forma local, do público em geral, possa acontecer no início de 2025, em fevereiro”, ela disse, em entrevista coletiva para detalhar as mudanças no Open Finance.

Segundo Attie, a norma publicada nesta quinta pelo BC cria os fundamentos para uma “reconstrução normativa” da jornada de pagamentos do Open Finance. No fim de julho, uma nova norma, com detalhes mais específicos, deve ser publicada pelo BC.

O modelo já pressupõe que, mediante um cadastro inicial em uma instituição-árvore. O usuário do Open Finance poderá usar uma conta Pix para fazer pagamentos via aproximação presencialmente ou em ambiente online. Isso também vai facilitar os pagamentos em comércios eletrônicos, afirmou Attie.

“O cliente não mais vai ter de deixar o ambiente de comércio eletrônico para fazer um pagamento com Pix. Ele não precisa mais entrar no aplicativo do seu banco, ele não precisa mais autorizar a transação do seu banco”, ela disse.

Estadao Conteudo

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape