ads-geral-topo
Esportes

Philippe Coutinho revela que “amor pelo Vasco” definiu seu retorno

O jogador revelou que viveu toda a sua infância e adolescência no Vasco e que a história ainda não poderia acabar

Por Estadão

2 mins de leitura

em 11 de jul de 2024, às 17h19

Foto: Leandro Amorim/Vasco da Gama

Philippe Coutinho foi oficialmente apresentado nesta quinta-feira e não escondeu que o “amor pelo Vasco” falou mais alto na hora de definir seu futuro. Podendo permanecer na Europa, o meia de 32 anos revelou que sempre sonhou em um retorno à casa que o revelou e não escondeu sua alegria com o acerto. Mais de 10 mil torcedores foram à sede náutica vascaína para acompanhar suas primeiras palavras nesta sonhada volta.

“Eu sempre me imaginei jogando no Vasco. Nas redes sociais, inúmeras vezes, eu mandava vídeos da torcida para a minha mulher. Há mais ou menos 6 meses, eu conversei com a minha família e coloquei esse desejo de voltar a jogar pelo Vasco”, afirmou o astro na apresentação oficial.

Leia também: Vasco e Fluminense vão se enfrentar no Kleber Andrade, em Cariacica

No entanto, o jogador revelou que viveu toda a sua infância e adolescência no Vasco e que a história ainda não poderia acabar. Oficialmente anunciado na quarta-feira, ele viu muitos torcedores levarem fotos suas na vitória por 2 a 0 diante do Corinthians mostrando confiança em dias melhores ao clube.

“Sempre deixei claro toda a gratidão que tenho pelo clube. Agora volto com 32 anos. Espero participar de muitas coisas boas, que eu acredito que irão acontecer”, disse Coutinho. “O Vasco fez de tudo para que eu pudesse estar aqui. Aliás, o presidente (Pedrinho) fez de tudo. Eu agradeço muito por isso. Muitas coisas envolvem esse retorno e o amor ao clube é o principal.”

Philippe Coutinho no Vasco

No entanto, os elogios ao Vasco deram a tônica da entrevista do meia, torcedor roxo e que revelou um pouco mais do clube e dos ensinamentos que ganhou para a vida. “O Vasco é um clube diferente, que se preocupa com a formação de atletas e pessoas. Estudar no Colégio Vasco da Gama foi fundamental para o meu crescimento”, revelou. “Com certeza me inspirou para o Instituto Philippe Coutinho. Aliás, ajudar pessoas é um sonho meu, é um pouquinho do que eu posso devolver para a sociedade, pelo o que o futebol me deu”.

Ainda sem saber quando vai estrear, o reforço ainda revelou uma grande sintonia com a torcida. “Tenho uma relação de carinho e respeito pela torcida do Vasco. É uma torcida muito apaixonada e diferente de tudo nos lugares por qual passei. Representa muita coisa para mim”, elogiou.

Estadao Conteudo

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape