ads-geral-topo
Segurança

Três são condenados por assassinato de dois homens no Espírito Santo

O crime aconteceu no dia 21 de novembro de 2010, na zona rural de Jaguaré. Na ocasião, os acusados dispararam com arma de fogo contra as vítimas, que assistiam a uma partida de futebol, na presença de diversas pessoas

Por Redação

2 mins de leitura

em 11 de jul de 2024, às 16h15

Foto Ilustrativa

Três homens foram condenados pela morte de Rubens Ribeiro Sales e Jeremias dos Santos em Jaguaré, no Norte do Espírito Santo. As vítimas assistiam a uma partida de futebol no momento do crime.

Leia também: VÍDEO | Cavalos são flagrados correndo em rodovia em Cachoeiro

Segundo o Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), o julgamento dos réus foi realizado na última terça-feira (9), no Salão do Júri da Comarca de Jaguaré, e começou às 8h30 e durou mais de 12 horas. Ao fim do julgamento, além da condenação de Edson Francisco dos Santos, conhecido como “Robocop”, foram condenados os réus José Nilson de Jesus e Joab de Jesus Pereira, a 46 anos e a 32 anos de reclusão, respectivamente.

O MPES informou, ainda, que as condenações dos três acusados foram pelo crime de homicídio duplamente qualificado (por motivo torpe e com recurso que dificultou a defesa da vítima) contra dois homens. Edson Francisco foi condenado a 58 anos de reclusão, inicialmente em regime fechado.

Como ocorreu o crime?

O crime aconteceu no dia 21 de novembro de 2010, na zona rural de Jaguaré. Na ocasião, os acusados dispararam com arma de fogo contra as vítimas Rubens Ribeiro Sales e Jeremias dos Santos, que assistiam a uma partida de futebol na presença de diversas pessoas.

Segundo o MPES, o crime foi uma forma de vingança após uma suposta tentativa de homicídio pretendida por Jeremias contra o réu Joab, dias antes do crime.

Atuação na condenação

A Promotora de Justiça Graziella Maria Deprá Bittencourt Gadelha e o Promotor de Justiça Marcelo Victor Amorim Gomes de Melo, que atuaram neste Tribunal, sustentaram as acusações contra os réus, conforme as provas colhidas nos autos, e obtiveram as condenações.

Além do crime descrito, os réus integravam uma organização criminosa que atuava na Região Norte do Espírito Santo e com ramificações em outros Estados, liderada por Edson Francisco dos Santos, o “Robocop”. Ele também foi alvo de uma operação realizada pela Polícia Federal no dia 20 do mês passado, contra uma quadrilha que atuava no tráfico e na lavagem de dinheiro em dez Estados do país.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape