ads-geral-topo

As 3 narrativas que giram em torno da reunião do PP com Allan e Dr. Bruno

Os políticos se reuniram nesta quarta-feira (13). O bate-papo contou com a participação do secretário-geral do Progressistas no Espírito Santo, Marcos Marinho Delmaestro.

3 mins de leitura

em 13 de mar de 2024, às 17h53

Por: Flavio Cirilo
jornalismo.aquinoticias@gmail.com
(28) 99959-6506

Pelo menos, 3 narrativas giram em torno do encontro entre o presidente do Partido Progressistas (PP) em Cachoeiro, deputado estadual Theodorico Ferraço, com os também deputados estaduais e pré-candidatos à prefeitura da Capital Secreta Allan Ferreira (Podemos) e Dr. Bruno Resende (União).

Os políticos se reuniram nesta quarta-feira (13). O bate-papo contou com a participação do secretário-geral do Progressistas no Espírito Santo, Marcos Marinho Delmaestro.

Narrativa 1

A primeira é a de que o PP não deve mesmo caminhar com o Partido Liberal (PL) em Cachoeiro. Por isso, já busca uma aproximação com o grupo considerado promissor no embate eleitoral.  

Antes da desistência da pré-candidatura a prefeito do Juninho Corrêa, o Ferração até já tinha declarado que era certo andar de mãos dadas com a sigla.

Porém, com a saída do Juninho da disputa eleitoral, parece que o atual pré-candidato a prefeito do PL, o vereador Léo Camargo, não terá o mesmo prestígio junto aos Progressistas.

Narrativa 2

Já a segunda narrativa, aponta que o encontro visa a união dos projetos do PP, Podemos, União Brasil, Republicanos e PRD.

O ato sinaliza para um possível apoio do Ferração a um dos pré-candidatos a prefeito do Blocão, composto por Allan Ferreira, Bruno Resende, Diego Libardi e Márcia Bezerra.

Interlocutores afirmam que essa é uma composição “invejável”. Caso se concretize, vai englobar quase todos os partidos robustos e de peso da cidade, que são:  Podemos; União Brasil; PRD; Republicanos e Solidariedade.

Nos bastidores, ainda corre a informação de que o PSD está com conversas avançadas para se juntar às siglas.

Observa-se ainda que com a apoio do PP e Ferraço, além do capital político, o Blocão também ganha espaço na televisão, obtendo mais de 50% do total do espaço eleitoral gratuito.

Narrativa 3

Apesar de ser surpresa para muita gente, essa terceira narrativa tem grande probabilidade de acontecer.

Portanto, levantou-se a possibilidade de o próprio Ferração ser o candidato a prefeito do grupo. Pois, de todos, ele é o que possui mais experiência de gestão, conhece a cidade e aparece bem posicionado em pesquisas de análise interna.

Só para constar: A ausência de Diego Libardi (Republicanos) no encontro com Ferração chamou a atenção. O que acha?   

As informações/opiniões aqui escritas são de cunho pessoal e não necessariamente refletem os posicionamentos do AQUINOTICIAS.COM

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape